Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

BATAGUASSU| Município recebe mais doses da vacina AstraZeneca para imunização contra Covid-19

Bataguassu receberá na noite desta segunda-feira (03/05), mais 660 doses da vacina AstraZeneca (Oxford) contra a Covid-19.

©DIVULGAÇÃO
De acordo com a coordenadora municipal de Imunização, Samantha S. Cruz Tessari, as doses serão destinadas para a conclusão da imunização do grupo de trabalhadores da saúde (saiba quais são abaixo) residentes em Bataguassu que ainda não tomaram a primeira dose da vacina e o restante será direcionado para idosos com 60 anos ou mais em sequência a imunização iniciada na semana passada.

Samantha informa que um novo grupo prioritário também será inserido nessa etapa da imunização: pacientes com comorbidades entre 55 e 59 anos.

Para a etapa de imunização, a Secretaria Municipal de Saúde organizará da seguinte forma:

04/05, terça-feira – Mutirão de vacinação para idosos com 60 anos ou mais – A partir das 18 horas (horário de Brasília), no Ginásio Municipal de Esportes. Para se vacinar, o idoso deverá apresentar o seu cartão SUS, CPF e comprovante de residência;

04/05, terça-feira – Trabalhadores da Saúde, das 13 às 16 horas (horário de Brasília), na Secretaria Municipal de Saúde (Apresentar cartão SUS, Conselho Ativo e Comprovante de vínculo empregatício);

04/05, terça-feira – Pessoas com comorbidades entre 55 a 59 anos, das 13 às 16 horas (horário de Brasília), em sua unidade de saúde de referência. De acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), o paciente que não faz acompanhamento na unidade de saúde do município, mas tem residência em Bataguassu, deverá apresentar o laudo devidamente carimbado e assinado pelo médico para receber a dose.

05/05, quarta-feira – Pessoas com comorbidades entre 55 a 59 anos, das 13 às 16 horas (horário de Brasília), em sua unidade de saúde de referência. De acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), o paciente que não faz acompanhamento na unidade de saúde do município, mas tem residência em Bataguassu, deverá apresentar o laudo devidamente carimbado e assinado pelo médico para receber a dose.

Saiba quais são os trabalhadores da saúde

Considera-se trabalhadores da saúde a serem vacinados na campanha, os indivíduos que trabalham em estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; ou seja, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais. Dentre eles, estão os profissionais de saúde que são representados em 14 categorias, conforme Resolução n° 287, de 8 de outubro de 1998, do Conselho Nacional de Saúde (médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio (exemplos: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros). Inclui-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (exemplos: programas ou serviços de atendimento domiciliar, cuidadores de idosos, doulas/parteiras), funcionários do sistema funerário, Instituto Médico Legal (lML) e Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados e acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Os trabalhadores que atuam nos estabelecimentos de serviços de interesse à saúde das instituições de longa permanência para idosos (ILPI), casas de apoio e cemitérios serão contemplados no grupo trabalhadores da saúde e a recomendação é que também sejam vacinados.

ASSECOM

***
Tecnologia do Blogger.