Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

TCE-MS antecipa imunização dos servidores contra H1N1

©Aurélio Marques
Pensando no bem estar e na saúde dos servidores, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul promoveu nos últimos dias 8 e 9 de abril a vacinação contra a gripe, cepas de 2021. Seguindo todo o protocolo de biossegurança para evitar o contágio pela Covid-19 com aglomerações, a imunização foi realizada no sistema de drive-thru preparado no estacionamento do TCE-MS.

Segundo a enfermeira responsável pela Gerência de Desenvolvimento de Pessoas e Qualidade de Vida do TCE-MS, Tatiana Bazan, antes mesmo da campanha nacional de imunização contra H1N1 ser lançada pelo Governo Federal, a Corte de Contas do MS antecipou a vacinação dos seus servidores, em razão do atual momento de pandemia pela Covid-19 em que passa o País. “A iniciativa de vacinar os servidores contra o vírus da gripe das cepas 2021, já no início de abril tem a ver com o cenário de pandemia em que estamos vivendo, a finalidade é reduzir a circulação de mais um vírus (H1N1) que, também como o Coronavírus, pode ser letal”, explica.

Durante os dois dias de campanha, entre os servidores que tomaram a vacina no local e os que reservaram pagando antecipadamente com o desconto, um total de 306 garantiu a dose da vacina quadrivalente.

Tatiana Bazan revela que a campanha de vacinação do TCE-MS contra a H1N1 foi muito positiva. “Como os dois dias de campanha foram bem planejados, mesmo tendo um número grande de servidores que foram ao estacionamento tomar a vacina, não tivemos filas e aglomerações, tudo foi bem organizado”.

A enfermeira responsável pela gerência de desenvolvimento de pessoas e qualidade de vida do TCE-MS ainda explica que, inicialmente foram reservadas 400 doses aos servidores. “Como todos os anos, em parceria com a clínica, o Tribunal de Contas faz uma reserva maior para garantir que todos os servidores tenham acesso à vacina com o desconto. O Tribunal de Contas paga somente pelas doses aplicadas ou reservadas pelos servidores, as que sobram retornam para a clínica”.

A vacina quadrivalente é composta por quatro tipos diferentes de vírus Influenza: os mesmos três presentes na trivalente (AH1N1, AH3N2, B/Brisbane) e mais o vírus B/Phuket. O serviço é uma parceria do TCE-MS com a Clínica Vaccini, e no atendimento foi cobrada uma taxa no valor de R$ 40,00 dos servidores.

A parceria possibilita também a vacinação dos dependentes diretos do servidor (cônjuges, pais e filhos com idade até 18 anos) com um desconto diferenciado. Dessa vez, o servidor teve a sua disposição um link de acesso para realizar o cadastro de seus dependentes para garantir a dose da vacina pelo valor de R$ 100,00.

Por: Olga Mongenot

***

Tecnologia do Blogger.