Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Senador Nelsinho Trad destaca que Dourados recebeu R$ 20,8 milhões da União

Dos recursos federais liberados, R$ 9,3 milhões de emendas dele, recursos extras e projetos que estavam parados e R$ 11,5 milhões da bancada federal

senador Nelsinho Trad (PSD/MS)
O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) divulgou nesta quinta-feira (22), em live com o vereador Marcelo Mourão (Podemos) para TV Mundeza, que Dourados recebeu R$ 20,8 milhões da União. Desses recursos, R$ 9,3 milhões de emendas dele e de recursos extras e projetos que estavam parados há muito tempo e R$ 11,5 milhões da bancada federal.

Já foram pagos, segundo o senador Nelsinho Trad, R$ 4.1 milhões para o asfalto do loteamento social Juty e duplicação da Avenida Antonio Emílio Figueiredo e para o acesso ao Estrela Porã e Loteamento Social Ipê Roxo, obras com recursos represados de dois contratos de 2007 e 2013.

O Ministério do Desenvolvimento Regional liberou mais de R$ 4 milhões para obras de saneamento básico, o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), R$ 329 mil para creche/pré-escola e o Ministério da Saúde concedeu R$ 500 mil no combate à covid.

Da bancada federal, foram liberados R$ 3 milhões para obras do aeroporto e R$ 8,5 milhões para Hospital da Mulher e da Criança.

O senador Nelsinho Trad também informou que o município de Dourados poderá aguardar, para os próximos meses, a liberação de R$ 8,8 milhões para UEMS, R$ 4,8 milhões para pavimentação da Avenida Lindolfo Lage e Avenida Décio Martins Capilé e para construção da ponte do Córrego Água Boa. “Outros R$ 2,8 milhões para asfalto do Parque dos Jequitibás, R$ 9,9 milhões solicitados da bancada federal para o Hospital Regional de Dourados e R$ 1,4 milhão também de bancada para obras do aeroporto”, destacou.

Ao todo, de emendas da bancada federal de Mato Grosso do Sul, os parlamentares destinaram R$ 25 milhões de emendas impositivas e R$ 5 milhões discricionárias. Na última terça-feira, o senador Nelsinho Trad também solicitou ao ministro do turismo Gilson Machado Neto a liberação do cadastro de Dourados em programa para revitalização da antiga usina Filinto Muller e a reforma do Teatro Municipal. “O meu gabinete não tem portas, está sempre aberto para atender Dourados e estamos trabalhando pelo desenvolvimento da região”, enfatizou.

Entrevista

Bem descontraído, o senador Nelsinho Trad falou sobre a união política entre ele e os irmãos prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad e deputado federal Fábio Trad. “Herdamos uma herança do nosso avô, imigrante libanês, que trouxe na alma a união da família. Ele ensinou aos filhos que repassaram para nós: promover a união da nossa família”, disse o senador.

O parlamentar recordou de dois momentos marcantes na sua gestão como prefeito em Campo Grande. “Após tomar posse, ouvi que as dificuldades viriam, mas eu teria que superá-las. Em outra ocasião, na intervenção da Santa Casa, uma mãe veio à rampa e me agradeceu pela retomada do atendimento que salvou a vida do filho”, comentou.

Sobre recordações de infância, o senador Nelsinho Trad revelou que subiu nos pés de ingá centenários da Avenida Afonso Pena. “Ficam bem lá na Afonso Pena com a Rui Barbosa, antes do relógio restaurado pelo Marquinhos (prefeito de Campo Grande) ”, lembrou.

Se tivesse que convidar alguém para jantar nesta noite em Brasília, o senador não hesitou em responder. “O presidente da República, Jair Bolsonaro, que gosta de macarronada alho e óleo”.

O apresentador Marcelo Mourão insistiu ainda para o senador cantar a trilha musical de sua vida, ele disse que é a música “Amor da Minha Vida”, do Trio Parada Dura. “Ela lembra a minha esposa Keilla e eu até arrisquei cantar na minha diplomação como senador, mas, hoje, não. Fiz curso vocacional no colégio e disseram que eu poderia ser tudo menos músico”, enfatizou.

ASSECOM

***
Tecnologia do Blogger.