Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Morre Geraldo Escobar, ex-presidente da OAB por complicações da covid

Ele presidiu a Ordem dos Advogados entre os anos de 2004 e 2006

©ARQUIVO
Ex-presidente da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil), Geraldo Escobar Pinheiro, t0 anos, morreu na madrugada deste sábado (10), em Campo Grande, por complicações da covid-19. Atualmente, ele presidia a Comissão Provisória de Acompanhamento da Covid-19 na instituição, grupo que foi criado por sua sugestão.

“Doutor Geraldo era além de um amigo, um conselheiro, uma pessoa de diálogo, uma pessoa de fino trato. Gostava de ajudar, contribuir com a advocacia. Sempre somou. Foi dele a ideia de criarmos uma comissão para acompanhar a evolução da pandemia da covid-19 e desde logo já o nomeei como presidente”, afirma o presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche.

De acordo com Karmouche, Gerado deixará um legado para as próximas gerações. “A nossa dor neste momento é a dor de toda a advocacia sul-mato-grossense, com a perda dessa grande personalidade”.

Gerado foi presidente da OAB/MS entre os anos de 2004 e 2006. “Triste notícia, mais um advogado valoroso que a covid leva do nosso convívio. Fui seu conselheiro estadual. Geraldo era um grande amigo, sujeito simples e pacificador, homem do bem e de paz”, afirma Ary Raghiant Neto, secretário-geral adjunto do Conselho Federal da OAB.

Também ex-presidente da OAB, o deputado federal Fábio Trad (PSD) afirma que a partida de Geraldo Escobar enche o coração de tristeza. “Ele foi um irmão, amigo, colega e parceiro de lutas na Advocacia. Eu o sucedi na presidência da nossa querida OAB. Geraldinho, obrigado pelo exemplo. Estou profundamente consternado”.

Enterro

Será às 16h30 de hoje, no cemitério Parque das Primaveras localizado na Avenida Senador Filinto Müler, 2211, em Campo Grande.

Nota de pesar da OAB

Com extremo pesar a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), comunica o falecimento do Ex-Presidente Geraldo Escobar Pinheiro, ocorrido na madrugada deste sábado (10), por complicações da Covid-19, em Campo Grande.

Geraldo Escobar atualmente presidia a Comissão Provisória de Acompanhamento da Covid-19 na instituição. Para o Presidente Mansour, hoje a advocacia sofre uma grande perda. “Doutor Geraldo era além de um amigo, um conselheiro, uma pessoa de diálogo, uma pessoa de fino trato, gostava de ajudar, contribuir com a advocacia. Sempre somou! Foi dele a ideia de criarmos uma comissão para acompanhar a evolução da pandemia da Covid-19 e desde logo já o nomeei como Presidente. Fez uma efetiva participação para que pudéssemos nos unir com as entidades e Órgãos para o enfrentamento. Deu um enorme contributo. Geraldo nunca se apequenou diante dos problemas. Deixará um legado para as próximas gerações. A nossa dor neste momento é a dor de toda a advocacia sul-mato-grossense, com a perda dessa grande personalidade”.

O Secretário-Geral Adjunto do Conselho Federal da OAB Ary Raghiant Neto lamenta profundamente o passamento. “A advocacia perde um de seus líderes. Geraldo foi Presidente da Seccional, Conselheiro Federal e Diretor-Geral da Escola Nacional de Advocacia, elevando o nome de Mato Grosso do Sul no cenário nacional. Triste notícia, mais um advogado valoroso que a Covid leva do nosso convívio. Fui seu Conselheiro Estadual. Geraldo era um grande amigo, sujeito simples e pacificador, homem do bem e de paz”.

O também Ex-Presidente da OAB/MS e Deputado Federal Fábio Trad lamenta que a partida de Geraldo Escobar enche o coração de tristeza. “Ele foi um irmão, amigo, colega e parceiro de lutas na Advocacia. Eu o sucedi na presidência da nossa querida OAB. Geraldinho, obrigado pelo exemplo. Estou profundamente consternado”.

Para o Ex-Presidente do Conselho Federal da OAB Roberto Antônio Busato, o país perde um grande advogado e um líder da advocacia do Mato Grosso do Sul. “Tive a honra de presidir o CFOAB quando ele presidia a OAB/MS, foi uma passagem muito positiva pelo seu espírito amigável e solidário com o problema de todos. Que Deus o tenha”.

Muito entristecido, o Ex-Presidente da OAB/MS Vladimir Rossi Lourenço diz que “a notícia do falecimento do Geraldo apanha a todos de surpresa. Advogado combativo, bom pai e chefe de família, foi sempre o ombro amigo por anos quando representávamos a advocacia sul-mato-grossense. Sua alegria era contagiante e é isso que guardarei. Que descanse em paz.”

O Conselheiro Federal e Vice-Presidente da ESA Nacional Luis Claudio Alves Bito Pereira reconhece a dedicação de Geraldo à profissão. “A advocacia brasileira amanhece enlutada. Geraldo Escobar dedicou sua vida às causas da nossa nobre profissão. Foi um dirigente de Ordem de trajetória digna de aplausos, Presidente da OAB/MS, Conselheiro Federal e Presidente da Escola Nacional de Advocacia. Ficam as memórias de um grande líder”.

Emocionada, a Presidente da Subseção de Sidrolândia Fabiane Brito fala do legado deixado por Geraldo Escobar. “Um homem que amava essa terra, mesmo nos desafios e nas dificuldades. Aqui ele permaneceu com escritório aberto, prestando serviços jurídicos inigualáveis. Me ensinou a ser forte perante a advocacia e a fazer planos audaciosos para o futuro. Fez parte da minha história na advocacia. Ele sempre me dizia: ‘Deus tem um plano para mim nesta cidade’. O céu está em festa e nos deixou com saudades.”

A OAB/MS se solidariza com os familiares e amigos neste momento de luto.



Fonte: CAMPOGRANDENEWS
Por: Aline dos Santos

***
Tecnologia do Blogger.