Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

TRÊS LAGOAS| Afastamentos de servidores comprometem protocolo de segurança nas escolas

Prefeito e secretários do Município decidem suspender aulas da Rede Municipal por 15 dias

©DIVULGAÇÃO
Considerando a quantidade de servidores da educação afastados por suspeição de contágio próprio ou de membro da família e este quantitativo comprometer a eficiência e a continuidade das atividades presenciais, o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, com o uso das atribuições legais, suspendeu de 18 a 31 de março as atividades presenciais dos estudantes da Rede Municipal de Ensino (REME) de Três Lagoas em regime especial de prevenção à COVID-19, por meio do decreto número 149.

Ao lado das secretárias Ângela Brito (Educação e Cultura) e Elaine Fúrio (Saúde), do secretário de Administração, Gilmar Tabone e do Assessor Jurídico, Luís Gusmão, o prefeito Angelo Guerreiro gravou um vídeo informando em suas redes sociais a decisão.

“Esta é a terceira reunião que fazemos e diante deste desafio dos 104 servidores que estão afastados aguardando resultado, entendemos que nossas escolas e CEIs estão com dificuldade para manter os protocolos de segurança. Da mesma forma que nós decidimos o início das aulas presenciais, estamos decidindo que a partir do dia 18 estarão suspensas as aulas presenciais até o dia 31 para nos planejarmos para o mês de abril”, disse o prefeito.

As Unidades de Ensino da REME, permanecerão abertas para atendimento a familiares e estudantes que necessitem de orientações administrativas e pedagógicas. De acordo com o decreto, o mesmo não se aplicará a Escola Municipal de Educação no Campo “Antônio Camargo Garcia”.

Ângela Brito explicou que a escolha da suspensão ocorrer no dia 18 se deve a uma organização dos pais e profissionais da educação nos próximos dois dias (16 e 17). “Nestes 15 dias de suspensão, os nossos profissionais continuarão atendendo aos pais, portanto as escolas ficarão abertas tanto para as atividades administrativas como pedagógicas”, explicou. A entrega dos kits de alimentação ocorrerá ainda neste mês.

Elaine Fúrio, como secretária de Saúde do Município, disse estar junto com a educação neste momento acompanhando todos os servidores afastados. “Eles ainda estão como suspeitos, ou seja, não temos ainda confirmação, mas estamos juntos para que as crianças e servidores consigam estudar e trabalhar em um ambiente seguro”, finalizou.


ASSECOM


***
Tecnologia do Blogger.