Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Recepcionista de posto de saúde morre à espera de vaga em UTI

Sesau lamentou a perda da servidora, que estava na unidade de saúde 24h do Bairro Universitário

Adriana Androvaldi morreu nesta quinta-feira na UPA Universitário em consequência da covid-19 ©Reprodução das redes sociais
A pandemia de covid-19 doeu mais forte hoje entre o funcionalismo da área da saúde em Campo Grande. Morreu nesta quinta-feira (25), à espera de vaga em UTI da rede hospitalar, a servidora Adriana Androvaldi, do setor administrativo do posto de saúde do Bairro Tiradentes, em Campo Grande.

A paciente, de 58 anos, estava internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário, conforme apurou o Campo Grande News.

Em nota, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) lamentou a perda de Adriana. “Era reconhecida como uma profissional competente, dedicada e querida por todos”, descreve o texto comunicando o falecimento.

Adriana Androvaldi era funcionária da Sesau havia vinte anos.

O corpo dela foi sepultado nesta tarde, no cemitério Jardim das Primaveras, em cerimônia só para familiares, sem velório, como é a regra com as pessoas que morrem vítimas do novo coronavírus.

Ao divulgar a morte, a Secretaria declarou que se “solidariza e manifesta sinceros sentimentos de pesar à família, amigos e colegas, que sentirão muito essa perda irreparável”.

Sob alegação de não ter autorização da família, a Sesau não deu mais detalhes sobre o caso, como o tempo de internação na UPA, por exemplo.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Marta Ferreira


***
Tecnologia do Blogger.