Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Projeto Pioneiros traz projetos estudantis sobre saneamento e aproxima o jovem do mercado de trabalho

©DIVULGAÇÃO
Os alunos do ensino médio, Maria Vitória Acosta Ribeiro e Luiz Diego Britto, receberam na terça-feira (9), na sede da Águas Guariroba, o diploma de conclusão do Projeto Pioneiros, realizado pela Aegea Saneamento. A dupla é finalista do programa com um projeto de reutilização da água dispensada pelo ar condicionado e irá concorrer a etapa nacional juntamente com projetos de outras cinco cidades: Sinop (MT), Manaus (AM), Teresina (PI), Timon (MA) e Barcarena (PA).

Para Maria Vitória, a comemoração vem em dobro, já que além de ser finalista do Projeto Pioneiros, ela também foi selecionada para ingressar no programa de Jovem Aprendiz da Águas Guariroba. Para a estudante de 16 anos, que terá a sua primeira experiência no mercado trabalho, a participação no Projeto Pioneiros foi essencial para entender sobre a rotina de uma empresa.

“O projeto me ajudou a ver novas perspectivas a minha volta, desde mercado de trabalho a saneamento, que eram temas que eu até então não sabia como funcionava. Foi um grande aprendizado e me deu uma nova visão para o mundo. E agora com a seleção no programa de Jovem Aprendiz, estou muito feliz e grande parte do conhecimento pelo Projeto Pioneiros vai me ajudar nova experiência”, celebra Maria Vitória.
©DIVULGAÇÃO
“Durante três meses entre palestras e elaboração do projeto os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a empresa e diversas oportunidades de carreira na área do saneamento básico. Tivemos uma ótima procura para esta primeira edição graças à parceria com a SED/MS. Agora o projeto finalista disputará em São Paulo onde concorrerá com mais projetos na etapa Nacional”, ressalta o gerente regional de projetos sociais da Águas Guariroba, Willian Carvalho.

De acordo com o CEO da Aegea Saneamento, Radamés Casseb, é um orgulho para a empresa realizar a segunda edição do Projeto Pioneiros e apoiar jovens sonhadores oriundos de escolas públicas das mais variadas cidades aonde a companhia opera. “A dinâmica de troca com os estudantes cria uma visão de futuro e de disciplina que, de certa forma, ilumina o caminho de desenvolvimento desses jovens que, cujo destino, é cuidar das suas comunidades. Então essa retroalimentação entre profissionais e estudantes vai gerar frutos surpreendentes pelo futuro”, destaca Casseb.


Por: Jefferson Gonçalves

***
Tecnologia do Blogger.