Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Fundação Chapadão volta a comprovar a grande possiblidade do desenvolvimento da soja em Paranaíba

Visita Técnica da Fundação Chapadão na Fazenda Mascote em lavoura de soja em Paranaíba-MS presencia o bom desenvolvimento da cultura

©DIVULGAÇÃO
Na manhã da quarta-feira, 24 de fevereiro, estiveram na Fazenda Mascote do proprietário Milton Macedo, no município de Paranaíba, o diretor da Fundação Chapadão, André Bartolomeu Piesanti, e os pesquisadores Jefferson Luís Anselmo e Paulo Ricardo Teodoro da Silva, o professor Ricardo Gava, da UFMS e o produtor rural e presidente do Sindicato Rural de Paranaíba Fábio Macedo.

Nesta oportunidade puderam vivenciar o comportamento das 59 variedades plantadas no ensaio comparativo da Fundação Chapadão, onde a performance encontra-se satisfatória.

Os visitantes foram até as áreas comerciais de uma fazenda onde este ano é a quarta safra de plantio de soja e observaram uma excelente desenvoltura da lavoura até o momento, com grandes expectativas de produção.

O associado da Fundação Chapadão e produtor Fábio Macedo apresentou todo o histórico da área, desde os primórdios da instalação da cultura da soja em sua propriedade (safra 13/14), com os primeiros ensaios instalados pela Fundação Chapadão, até os dias de hoje, relatando aprendizados, experiências e desafios com a cultura soja naquela região.

Os ensaios comparativos da Fundação Chapadão em Paranaíba e aquela área comercial exemplar na região demonstram que atualmente a soja possui grande potencial para sua expansão também em outros municípios do Bolsão Sul-Mato-Grossense.

“Usando as tecnologias existentes, em relação às cultivares comprovadamente eficientes na região e os tratos culturais recomendados, a soja pode se firmar em Paranaíba e outros municípios como ótima oportunidade para maior desenvolvimento econômico e social”, disse o Diretor Executivo da Fundação Chapadão, André Bartolomeu Piesanti.



ASSECOM

***
Tecnologia do Blogger.