Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

TRÊS LAGOAS| Obras na UPA estão finalizando e reforma geral vai oferecer mais conforto aos pacientes

©DIVULGAÇÃO
As obras na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) de Três Lagoas estão em fase de conclusão. A unidade faz parte da Rede de Atenção às Urgências. 

O Prefeito Angelo Guerreiro, acompanhado da Secretária de Saúde, Elaine Fúrio, e do Secretário de Infraestrutura, Adriano Barreto, fez uma visita técnica à UPA verificando as obras e as necessidades prementes daquela unidade de saúde.

Foram construídas novas salas; ampliados alguns espaços; readequações visando a ampliação na recepção e outros ambientes; criada uma sala amarela para atendimento de pacientes urgentes; instalados sanitários em vários espaços; reestruturada a sala de material e esterilização; ampliada a sala de emergência com a construção de um posto de enfermagem; implantada uma área de ambiência, vestiário e de descanso para os profissionais da Saúde com banheiros completos; será construído um solário, entre outras benfeitorias. A UPA recebeu investimentos recentes com novos equipamentos e ganhará outros, incluindo móveis novos. 

O objetivo, segundo Elaine Fúrio, é concentrar os atendimentos de saúde de complexidade intermediária, compondo uma rede organizada em conjunto com a atenção básica, atenção hospitalar, atenção domiciliar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192.

Conforme o prefeito Angelo Guerreiro, A UPA-24h oferece estrutura simplificada (com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação). Com as obras, a população tem uma melhoria no acesso e um aumento da capacidade de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Adriano Barreto lembrou que “a obra de reforma e readequação foi uma solicitação do Prefeito, seguindo os moldes implantados nas demais unidades e devido ao aumento da demanda de atendimentos desta unidade, para trazer melhor conforto tanto para a população quanto para os funcionários abrindo espaço interno para serviços que não estavam adequados devido ao fluxo incorreto”.
©DIVULGAÇÃO


ASSECOM


***
Tecnologia do Blogger.