Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

BATAGUASSU| Município já imunizou 146 pessoas do grupo prioritário contra a Covid-19

O município de Bataguassu já vacinou 146 pessoas contra a Covid-19 até às 17 horas de ontem (27/01). 

©DIVULGAÇÃO
Segundo balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, o total abrange profissionais de saúde que estão na linha de frente da pandemia (105); trabalhadores de saúde das salas de vacina (10); idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como asilo (22) ; portador de deficiência em residência inclusiva (1); e trabalhadores do asilo (8).

Conforme já informado pela administração municipal, Bataguassu iniciou a imunização no último dia 19 de janeiro. Foram recebidas inicialmente 392 doses da vacina ( Laboratório Sinovac / Instituto Butantan) para imunizar 196 pessoas que fazem parte do grupo prioritário (1ª e 2ª dose). Outras 120 doses (Laboratório AstraZeneca/ Universidade de Oxford) foram recebidas no início desta semana para atender 120 profissionais (1ª dose).

"É importante salientar a toda a população que o grupo prioritário é definido pelo Ministério da Saúde e que a campanha será desenvolvida de acordo com a disponibilidade das vacinas por parte do órgão federal. Assim, a medida que forem viabilizadas mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação serão atendidos", explica o secretário municipal de Saúde, Geison dos Santos do Nascimento.

O secretário reforça que nos próximos dias, o Governo do Estado estará disponibilizando uma plataforma online que divulgará informações referente ao quantitativo de vacinados com base nos dados encaminhados pelos municípios. "Será mais uma forma de mostrar a transparência com que temos realizado a campanha em Bataguassu. Destacamos ainda que conforme a chegada de mais doses, estaremos informando a população e ampliando a imunização", finaliza.

PREVENÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a população sobre a necessidade de se manter os hábitos de prevenção a Covid-19 como fazer o uso de máscara, higienizar as mãos com álcool e gel e manter o distanciamento/isolamento social.

É orientado ainda que os munícipes procurem atendimento médico o mais rápido possível assim que apresentarem sintomas como tosse, febre, coriza, dor de garganta e dificuldade para respirar.
©DIVULGAÇÃO

ASSECOM

***
Tecnologia do Blogger.