Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Paraguai inaugura 147 km de rodovia da Rota Bioceânica

Durante discurso, o ministro Wiens destacou o avanço e a importância da obra de pavimentação da Rota Bioceânica

São 147 quilômetros prontos, de um total de 277 km de obras ©Toninho Ruiz
Mais uma etapa do trecho pavimentado da Rodovia PY-09 - que interliga os oceanos Atlântico e Pacífico pelo Corredor Bioceânico Brasil-Chile, passando por Mato Grosso do Sul - foi entregue nesta segunda-feira (21) pelo Governo do Paraguai. São 147 quilômetros prontos, de um total de 277 km de obras, ligando Carmelo Peralta (Alto Paraguai), na fronteira com Porto Murtinho, a Loma Plata (Boquerón).

A inauguração contou com a presença do presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, acompanhado pelo ministro de Obras Públicas e Comunicação Social, Arnoldo Wiens. Durante discurso, o ministro Wiens destacou o avanço e a importância da obra de pavimentação da Rota Bioceânica que vai beneficiar quatro países: Brasil, Paraguai, Argentina e Chile para escoar suas produções aos países asiáticos que viam portos chilenos.

Segundo o ministro, o frete dos produtos a serem exportados é um dos entraves para os países sul americanos por ser caro demais. Agora, com a rota, a economia dessa despesa vai ser mais competitiva para os produtos desses países.

Em setembro, matéria do site Campo Grande News mostrou que os produtos de Mato Grosso do Sul vão ganhar mais competitividade na exportação, após a implantação do corredor bioceânico. "A localização geográfica dos portos do Chile garante a redução do tempo de viagem fazendo com que os produtos exportados tenham um custo de deslocamento menor, tornando o mercado brasileiro mais competitivo”, disse o pesquisador da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Francisco Bayardo. 

Por Viviane Oliveira

***
Tecnologia do Blogger.