Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

PANDEMIA| MS confirma mais 1.090 casos novos de Covid-19 e ultrapassa a marca dos 100 mil infectados

Dos casos novos, 43,2%, o equivalente a 471 registros, são de Campo Grande. A capital responde por 46% do total de infectados com a doença do estado. São 46.151 pessoas que contraíram a Covid-19 na cidade.

A secretaria estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES) confirmou nesta terça-feira (1º) 1.090 casos novos de Covid-19. Com os novos registros, o estado atingiu desde o início da pandemia - em março deste ano - 100.151 infectados pelo novo coronavírus.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, alertou na segunda-feira (30), que se o ritmo de contaminação da doença continuasse no patamar que estava sendo registrado nos últimos dias que possivelmente até quarta-feira (2), o estado ultrapassaria a marca dos 100 mil. Antes do prazo, o patamar foi superado.

Dos casos novos, 43,2%, o equivalente a 471 registros, são de Campo Grande. A capital responde por 46% do total de infectados com a doença do estado. São 46.151 pessoas que contraíram a Covid-19 na cidade.

O boletim epidemiológico da SES desta terça também destacou que mais 11 pessoas morreram em razão da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Quase a metade das vítimas, 5, são de Campo Grande, mas também foram registradas mortes de moradores de Dourados (2), Aquidauana (2), Maracaju (1) e Corumbá (1).

O total de óbitos do estado provocados pela doença chegou a 1.780, sendo 776, o equivalente a 43,6%, de Campo Grande.

O levantamento da secretaria estadual de Saúde destaca que o número de internações e a taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva (UTI) continuam a crescer em Mato Grosso do Sul.

De 206 hospitalizados no dia 11 de novembro, 20 dias depois esse número saltou para 456, 121% a mais, sendo 202 em leitos de UTI.

O painel Mais, em que o governo do estado apresenta a disponibilidade de leitos apontava até as 9h30 desta terça-feira, que Mato Grosso do Sul tinha uma taxa de ocupação de leitos de UTI para atendimento em geral de 87,16% enquanto que os específicos para os pacientes com Síndrome Respiratória Grave Aguda (SRAG) e Covid-19 tinha índice de 71,7%.

Em Campo Grande, os índices são ainda mais altos: 95,3% de ocupação nos leitos de UTI para atendimento em geral e 93,5% para SRAG e Covid-19.

O boletim da SES indica que o estado tem atualmente 11.152 casos ativos de Covid-19, sendo 10.696 infectados que estão cumprindo isolamento domiciliar e 456 hospitalizados.

O levantamento também revela que Mato Grosso do Sul ainda tem 8.183 casos suspeitos. São 2.491 amostras em análise nos laboratórios e 5.692 registros que não foram concluídos pelos municípios.

Em contrapartida, o número de pessoas recuperadas totalizou 87.219, o equivalente a 87% das pessoas que se infectaram com o coronavírus.


Por G1 MS

***
Tecnologia do Blogger.