Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

PONTA PORÃ| Professoras do Município criam projeto lúdico para evitar evasão escolar

As educadoras do CEINF Elpídio Peluffo fazem atividades semanais com materiais recicláveis

Professores trabalharam na produção de kits que são entregues aos alunos semanalmente ©ARQUIVO PESSOAL
A evasão escolar tem sido um dos maiores problemas da educação infantil durante o período da pandemia do coronavírus. Pensando nisso, as professoras do CEINF Elpidio Peluffo, em Ponta Porã, sob a direção de Maísa Duarte e a coordenação de Elessandra Viana dos Santos, criaram um projeto educacional semanal com materiais recicláveis. O objetivo é evitar o aumento do déficit de aprendizagem. Para isso, os alunos e as famílias precisam manter o contato virtual.

“Nesse momento conturbado, e de adaptação para o ensino à distância é fundamental manter o vínculo familiar, explicando como se dará esse período, o objetivo das atividades e as habilidades a serem desenvolvidas, pois a Educação Infantil não deve ser constituída de ‘simples brincadeiras'”, conta a diretora Maisa Duarte.

Embora, muitas das atividades são brincadeiras, possuem finalidades educacionais e aprendizados variados. Isso, porque também são ofertadas vídeos-aulas com os kits (materiais lúdicos) desenvolvidos pelas professoras para a realização das atividades interacionais. “A ideia é provocar estímulos, a interação lúdica, a criatividade direcionada, fazendo com que, as crianças percebam novas possibilidades de apreender e interagir dentro de casa”, explica.
©DIVULGAÇÃO
Além, das APCs (Atividades Pedagógicas Complementares), as professoras também contam com a participação dos familiares dos alunos, para dar suporte e apoio, participando de forma ativa na educação das crianças. Aliada ao CEINF, a proposta oferece um roteiro de atividades, visando o desenvolvimento das crianças mesmo à distância, mas com acompanhamento e direcionamento pedagógicos necessários.

Os objetos das sacolas das APCs são facilmente reproduzíveis em casa por serem fáceis de encontrar e de fazer, um dos pontos cruciais para aumentar essa interação com a educação dos pequenos em casa. “Levando em consideração, a necessidade do isolamento social. As famílias estão mais tempo em casa, consequentemente o CEINF com este trabalho buscou se reinventar sendo um grande desafio para os professores e as famílias”, finaliza.

Fonte: Midiamax
Por: Carlos Yukio

***
Tecnologia do Blogger.