Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Mitos e verdades sobre o câncer

©DR
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os casos de câncer no Brasil devem crescer 70%, até 2038. Outro estudo, produzido pela International Agency for Research on Cancer (Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer), estima que um a cada cinco homens e uma a cada seis mulheres no mundo desenvolverão a patologia. Assim, é mais do que essencial quebrar alguns mitos que rondam a doença. O médico oncologista que atua no Hospital Cassems de Campo Grande, Fabrício Colacino, desmistifica algumas questões. 

Pessoas na minha família tiveram câncer, eu também terei?

“Não é um mito, nem verdade. O câncer tem uma característica hereditária. Em alguns tipos de câncer específicos, como o de colo retal, de ovários e de mama, existe a questão da hereditariedade. Portanto, se alguém da família teve câncer, não é necessariamente um sinal de que a pessoa vá ter, mas dependendo do tipo do câncer, podem aumentar os riscos”.

Desenvolver câncer é um castigo?

“Como profissional da Oncologia, considero um mito. No campo da ciência, estatisticamente, não há essa discussão filosófica, de ser um karma, um castigo, ou uma devolutiva de problemas que aconteceram durante a vida, não entramos nesse campo”.

Câncer é contagioso?

“Mito. As doenças infectocontagiosas são transmissíveis de uma pessoa para outra, já o câncer, não. É uma alteração que aconteceu na célula da pessoa. Portanto, ela vai desenvolver a patologia e não existe risco que ela transmita para outra pessoa”.

Um tumor pode ser causado por trauma, como por exemplo, uma pancada durante uma batida de automóvel? 

“Mito. Na verdade, existem muitas coincidências em que tumores ósseos acontecem em virtudes de pancadas, traumas ou acidentes automobilísticos. Após esse incidente, a pessoa passa a ter sintomas e associa aquele tumor ósseo com aquele evento que aconteceu com ela, mas isso não é comprovado, na medida que o tumor ósseo tem multimodalidades em sua ocorrência”. 

O tabaco causa apenas câncer de pulmão?

“Mito. O tabaco pode causar e atuar no desenvolvimento de vários tumores, como por exemplo, o câncer de bexiga. Portanto, o câncer de pulmão tem a sua etiologia, o cigarro como principal, mas o cigarro também pode contribuir no desenvolvimento de outros tipos de tumores”. 

Charutos e cachimbos provocam menos câncer de pulmão que cigarros comuns?

“Mito. Cachimbos, cigarros de palha e outros tipos de inalantes são maléficos da mesma forma. Talvez, possam não ser tão prejudiciais quanto o cigarro industrializado, mas ainda causam muito mal. Portanto, não se recomenda o uso de tabaco, de maneira geral, pois todos eles podem causar câncer”.

ASSECOM

***
Tecnologia do Blogger.