Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Homem de 40 anos morre ao cair de parapente em Campo Grande

Gilmar Valiente Siqueira era instrutor de operação de drones e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos

Gilmar era operador de drones e tinha como hobby voos de parapente ©Reprodução/Facebook

O instrutor de operação de drones Gilmar Valiente Siqueira, de 40 anos, morreu na tarde de sexta-feira (2) em Campo Grande ao cair de parapente na saída para Sidrolândia. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.


Gilmar fazia o voo na região do Coophavilla II, no loteamento Bela Laguna. Em dado momento, seu equipamento apresentou problemas e ele começou a perder altitude rapidamente, indo em direção ao solo e ficando sem controle do parapente.


Logo que caiu no solo, ele foi socorrido por pessoas que estavam próximas e levado para o CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Coophavilla II mesmo antes da chegada do Corpo de Bombeiros. Apesar da agilidade, ele acabou indo a óbito ainda ontem.


A morte de Gilmar foi confirmada pela sua irmã em página no Facebook, na noite do mesmo dia do acidente. Já neste sábado (3), muitos amigos e alunos de Gilmar foram às redes sociais lamentar a morte dele. "Se foi fazendo o que mais gostava, voando de parapente. Vá com Deus meu irmão", destacou sua irmã, Jene Siqueira Lima.


"Você irá fazer muita falta pra quem te amava de verdade", relatou a amiga de infância dele, Sandra Gabilan da Costa. "A vida é um sopro, vai embora num piscar de olhos" e "Descanse em paz meu amigo" foram as frases de outro amigo, Marcos Koller.


Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Por: Nyelder Rodrigues

Tecnologia do Blogger.