Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Homem é morto a facadas e autor confessa outros cinco assassinatos

“Tico Louco” foi morto ontem à tarde em Caarapó e assassino preso em flagrante

Corpo de “Tico Louco” na varanda; autor cobrava dívida de drogas ©Celso Capovilla/Caarapó News
Heitor Antunes Lemes, 68, o “Tico Louco”, foi morto com três golpes de faca nesta quarta-feira (9) em Caarapó, a 282 km de Campo Grande. O crime ocorreu na Avenida Santos Dumont, próximo à escola infantil “Julio Ushigima”, na Vila Planalto.

O autor do crime, identificado apenas como “Ferreirinha”, foi preso em flagrante e confessou o crime. O nome dele não foi divulgado pela polícia. O homem, que costumava beber junto com Heitor, também confessou ser autor de outros cinco assassinatos.

Conforme o site Caarapó News, Ferreirinha, de 40 anos de idade, foi detido por testemunhas e entregue à Polícia Militar. A faca usada no crime foi encontrada no local. O criminoso chegou a ser agredido por alguns moradores e a polícia teve de intervir para evitar linchamento.

Ele afirmou que matou “Tico Louco” por causa de dívida da compra de dois quilos de pasta-base de cocaína. Heitor comprou a droga e não o pagou, segundo Ferreirinha. Os policiais encontraram com ele dois celulares, roubados de Heitor. O homem confessou ter se apossado dos telefones e disse que iria usá-los para pedir apoio na fuga.

Ferreirinha afirmou ter tentado matar um homem em agosto deste ano em Ponta Porã por ele ser “x9”, como os delatores são chamados no submundo do crime. O criminoso disse que perdeu plantação de maconha e armas em Pedro Juan Caballero após denúncia da vítima.

Disse também que Heitor seria a sexta pessoa assassinada por ele e que por ser paraguaio, também matou as outras vítimas a golpes de faca. A polícia já descobriu que Ferreirinha tem vários antecedentes criminais, inclusive pela tentativa de homicídio em Ponta Porã.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Helio de Freitas, de Dourados
Tecnologia do Blogger.