Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

ELEIÇÕES 2020| Sem aliança, MDB prepara “chapa pura” para disputar prefeitura

Partido tentou aliança com os tucanos, mas vai formar chapa majoritária "caseira" na Capital

Junior Mochi (esquerda) ao lado de Márcio Fernandes (centro) e André Puccinelli (direita), durante evento do MDB em fevereiro ©ARQUIVO
Sem formar alianças, o MDB prepara uma “chapa pura” para disputa eleitoral na Capital. Como não houve entendimento com os tucanos, a intenção é lançar o deputado Márcio Fernandes (MDB) para prefeito e uma filiada da própria legenda para o cargo de vice. A convenção está marcada para o próximo dia 15.

“A tendência é lançarmos esta chapa pura, com candidato a prefeito e vice. O Márcio (Fernandes) na cabeça da chapa e agora avaliamos vários nomes para escolher o vice, já que dispomos de bons quadros dentro da legenda”, explicou Junior Mochi, presidente regional do MDB, em entrevista.

O partido quer escolher uma mulher como candidata a vice. “Vamos fazer esta definição e estamos confiantes que teremos um ótimo desempenho na Capital, porque nosso time esta forte para disputa descreveu”, Mochi.

O MDB tentou retomar uma “parceria” com os tucanos na Capital, formando uma chapa majoritária, no entanto as conversas não evoluíram, já que os tucanos optaram pelo apoio à reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD). “É natural o diálogo durante este período, mas cada um vai seguir seu caminho”, enfatizou o presidente.

A legenda terá uma chapa completa na proporcional, com três vereadores com mandato - Wilson Sami, Dharleng Campos e Loester Nunes - além de outros ex-parlamentares, entre eles Jamal Salem, Magali Picarelli e o ex-deputado federal, Elizeu Dionízio.

“Nossa meta é eleger de 5 a 6 nomes na Câmara Municipal”, disse Mochi. O partido fez questão de reafirmar, nesta semana, que irá lançar o nome de Márcio Fernandes à prefeitura, já que o ex-governador André Puccinelli (MDB) tem planos para 2022. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Leonardo Rocha
Tecnologia do Blogger.