Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

ELEIÇÕES 2020| Rachado, PSL muda comando e faz nova convenção para definir candidato

O documento sinaliza que Loester Carlos, anunciado ontem para a disputa, foi retirado por ordem de senadora

Tempos de harmonia entre Loester, Soraya e Contar ficaram no passado, como em registro de julho do ano passado ©Henrique Kawaminami
A batalha interna do PSL nas eleições de Campo Grande tem um novo capítulo nesta segunda-feira (dia 14). Já foi divulgado novo edital do partido convocando para outra convenção, marcada para as 9h de quarta-feira (dia 16).

A ordem do dia prevê escolha de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador. O documento indica que a presidente regional do partido, senadora Soraya Thronicke, interviu para mudar o comando do PSL em Campo Grande. Ela vai conceder entrevista às 12h30, no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), mas a convocação já circula, acirrando ainda mais a disputa interna.

Ontem (dia 13), o PSL já havia feito convenção, sob o comando do deputado federal Loester Carlos Gomes de Souza, presidente da comissão municipal provisória.

Na ocasião, ele oficializou o seu nome para disputar a prefeitura de Campo Grande, deixando de escanteio o vereador Vinícius Siqueira, que saiu do DEM para ser o candidato a prefeito do PSL. Antes, Loster Carlos já tinha articulado para o partido não lançar o deputado estadual Renan Contar na disputa pela prefeitura da Capital.

A convocação para convenção do dia 16 é assinada por Paulo de Mattos Pinheiro, identificado como presidente da comissão municipal do PSL. Ao Campo Grande News, Paulo, que foi vice-presidente e era secretário da sigla, disse que a senadora vai esclarecer a situação. “Ela vai falar tudo. Vai explicar tudinho”, diz.

Questionado sobre a destituição do deputado do comando municipal do PSL, preferiu ser evasivo. “Pelo edital, tudo indica que sim. O deputado fez mudança no diretório municipal sem comunicar”.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Aline dos Santos e Leonardo Rocha
Tecnologia do Blogger.