Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

PONTA PORÃ| Hospital Regional reorganiza fluxo de atendimento do Pronto Socorro

Pacientes com sintomas respiratórios e suspeitas de Covid-19 entram pelo Hospital de Campanha; demais urgências e emergências são atendidas pela entrada do Pronto Socorro

©DIVULGAÇÃO
O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), atua desde sexta-feira (07/08) com novo fluxo de atendimento. Pacientes com sintomas respiratórios e suspeita de Covid-19 são atendidos pelo acesso do Hospital de Campanha na rua Jorge Roberto Salomão, ao lado da Clínica do Rim. As demais urgências e emergências retornam para o atendimento no Pronto Socorro do Hospital Regional e serão atendidas no acesso da rua Walter Avelino. O atendimento às gestantes e consultas ambulatoriais permanecem no acesso da rua Baltazar Saldanha, até às 19h.

“Os pacientes com sintomas respiratórios serão triados na carreta e se houver necessidade de internação serão utilizados os 40 leitos respiratórios que foram inaugurados recentemente no Hospital de Campanha. Emergências e urgências de pacientes sem sintomas respiratórios voltam a ser atendidas no acesso ao Pronto Socorro como antes”, explicou o diretor-geral do hospital, Demetrius do Lago Pareja.

A medida tem intuito de manter o isolamento dos pacientes contaminados, prevenir a disseminação do vírus e preservar a segurança dos demais. Demétrius Pareja destaca ainda a importância da observação da política de uso racional do SUS. “Contamos com a população para o uso consciente do Sistema Único de Saúde (SUS). O Pronto Socorro da unidade se destina ao atendimento de intercorrências onde exista urgência (necessidade de atendimento rápido) ou emergência (necessidade de atendimento rápido com risco de morte). A rede de atenção básica está bem estruturada para receber intercorrências básicas”, ressaltou.

Referência – O hospital é referência para população de mais de 200 mil habitantes dos oito municípios da 11ª microrregião do estado e conta com 161 leitos, sendo 20 leitos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19, 40 leitos clínicos no Hospital de Campanha para pacientes com sintomas respiratórios e Covid-19, 10 leitos de UTI para outras comorbidades, 20 leitos na maternidade, 23 na clínica pediátrica, 4 leitos de psiquiatria, 44 leitos para as clinicas médica, cirúrgica e ortopédica.

Por: Camila Gonçalves Fernandes Kaveski
Tecnologia do Blogger.