Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Morto pelo cunhado foi baleado após defender a irmã de agressão

Suspeito estava foragido da Justiça e teve ajuda do irmão para cometer o crime 

Irmãos foram presos em flagrante e levados para a Depac Cepol ©Choque
Policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar prenderam dois irmãos, suspeitos da morte João Rodrigues de Farias, de 33 anos, baleado com um tiro dado pelo cunhado após discussão em uma conveniência no Bairro Moreninhas, na noite de domingo (2).

De acordo com informações do Choque, o cunhado da vítima, Jonathan Guilherme, de 27 anos, estava foragido da Justiça e cometeu o crime por vingança. Para isso, teve ajuda do irmão, identificado como Leonardo.
Vítima bebia com amigos em conveniência nas Moreninhas, quando foi baleada © Kísie Ainoã
À polícia, Jonathan confessou que momentos antes de matar o cunhado agrediu a esposa, irmã da vítima. Ao saber, João teria ido tomar satisfação e agrediu o suspeito. Depois disso, ele foi até a casa da mãe, onde chamou o irmão e pegou um revólver calibre 38 que guardava na residência.

Os dois foram de moto até a conveniência onde o cunhado bebia com amigos e descarregou a arma na direção do cunhado após bate-boca. Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas João não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Os irmãos fugiram e procuraram abrigo na casa de um tio. No entanto, ao saber do crime, o parente proibiu que a dupla ficasse na residência.

Rondas foram feitas na região e os irmãos acabaram presos em um terreno no Bairro Jardim das Mansões. A arma usada no crime, apreendida pela polícia.

Uma dona de casa, que preferiu não ser identificada, disse que estavam em casa quando ouviu o barulho de pelo menos sete tiros. “Pensei que fosse fogos, mas quando saí no portão ele já estava caído”, conta.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Clayton Neves
Tecnologia do Blogger.