Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

EMPREGOS| MS tem terceiro melhor desempenho do país em saldo de empregos formais em 2020

Segundo o Novo Caged, entre janeiro e julho, o estado registrou 116.587 desligamentos, mas, em contrapartida, 118.148 admissões, o que resultou em um saldo de 1.561 postos de trabalho, variação de 0,30%.

©DIVULGAÇÃO
Mato Grosso do Sul tem o terceiro melhor desempenho do país no acumulado de janeiro a julho de 2020 no saldo de empregos formais. Os dados são do Novo Cadastro de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério da Economia.

Segundo o Novo Caged, entre janeiro e julho o estado registrou 116.587 desligamentos, mas, em contrapartida, 118.148 admissões, o que resultou em um saldo de 1.561 postos de trabalho, variação de 0,30%. O número é superado apenas pelo de 2.327 do Maranhão e por 8.372 de Mato Grosso.

Dos 26 estados do país e o Distrito Federal, apenas 6 unidades da federação, entre as quais está Mato Grosso do Sul, registraram saldo positivo de empregos formais nestes sete meses de 2020.

O Novo Caged aponta que dos cinco grandes setores da economia sul-mato-grossense, três têm saldo positivo de vagas com carteira assinada entre janeiro e julho: indústria, com 3.304; agropecuária, com 1.313 e construção, com 714.


Por outro lado, ainda têm saldo negativo, ou seja, mais demissões que contratações no acumulado do ano o segmento de serviços, com 1.217 e comércio, com 2.553.

Resultados de julho

Em julho, pelo segundo mês consecutivo, Mato Grosso do Sul também saldo positivo de empregos formais. Foram 16.251 contratações e 13.616 demissões, o que resultará em um saldo de 2.635 vagas, o equivalente a uma variação de 0,51%.

Por Anderson Viegas, G1 MS
Tecnologia do Blogger.