Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Advogado Eduardo Haddad perde luta para a covid-19, 20 dias após morte de irmão

Ex-ouvidor-geral do município, Eduardo, irmão do médico Silvio Haddad, estava em UTI desde o início do mês

Eduardo Haddad posa para foto no saguão da Assembleia Legislativa
O advogado, professor e ex-ouvidor-geral do Município Eduardo Haddad Filho, 59 anos, perdeu nesta quinta-feira (13) a luta para a covid-19. Ele estava internado em UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) desde o início do mês.

Há 19 dias, o irmão dele, médico conhecido em Campo Grande, Silvo Haddad, morreu após anos de luta contra um câncer.

Eduardo Haddad era advogado com registro do Rio de Janeiro. Ele foi ouvidor da Prefeitura de Campo Grande nas gestão de Gilmar Olarte.

Nas redes sociais, familiares e amigos de Eduardo compartilharam nota de pesar informando que o sepultamento acontecerá às 15h de hoje no Cemitério Jardim das Palmeira. Pelo protocolo, vítimas do novo coronavírus não são veladas.

“Eduardo Haddad, meu grande e querido amigo, nossos corações estão estraçalhados com a sua partida. Não esperávamos que fosse agora, mas não sabemos o que a vida nos prepara. Sempre lembrarei de você como uma pessoa generosa, um advogado arraigado às causas e de grande conhecimento jurídico, muito dedicado a todos os projetos que desenvolvia. Tenho certeza que já está nos braços do nosso Pai que já o acolheu como um filho especial. Eterna gratidão pela amizade e até um dia. Missão cumprida, vá em Paz”, publicou Shênia Vidal.

Sandra Cristaldo Rodrigues, outra amiga, também deixou mensagem de luto. “Nosso eterno amigo descanse em paz! Foi muito bom o tempo em que convivemos no mesmo condomínio. Homem íntegro, justo, amigo, já estamos sentindo falta sua. Rosimeire Leal, nossos sentimentos! Deus te fortalecer e te conforte teu coração neste momento”.

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul) também publicou nota de pesar. Para o presidente, Mansour Elias Karmouche, esta é mais uma lamentável perda. “Eduardo Haddad Filho foi um advogado que muito contribuiu para a nossa entidade e para o serviço público de Campo Grande. A OAB-MS está profundamente consternada com esse passamento”.

O irmão de Eduardo morreu no dia 25 de julho, aos 64 anos. Segundo amigos, Silvio lutava contra um câncer há cerca de oito anos. Ultimamente, conforme apurou a reportagem, o médico chegou a usar respirador, devido ao agravamento da doença que atingiu o seu pulmão. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Anahi Zurutuza 
Tecnologia do Blogger.