Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Para evitar mais restrições, Sebrae irá atender negócios de bairros

Força-tarefa inicia nesta terça-feira no bairro Tiradentes em Campo Grande, para orientar empresários nas medidas corretas de biossegurança e impedir fechamento das empresas


Com a baixa adesão dos bairros de Campo Grande aos protocolos de segurança, o Sebrae/MS inicia nesta terça-feira (21) uma ação para estimular as micro e pequenas empresas a se comprometerem com as medidas de biossegurança. A força-tarefa começa às 9h, no bairro Tiradentes (Av. José Nogueira Vieira, 1900, em frente ao asilo São João Bosco).

A visita irá informar sobre os protocolos de segurança, que surgiram como uma proteção legal, trabalhista e sanitária, garantindo a segurança de empresários, colaboradores e clientes. Assim, a medida visa manter o comércio aberto, já que, se o empreendedor não se adequar, a Prefeitura poderá publicar novos decretos com restrições mais rígidas. Entre elas, está o chamado lockdown, com o bloqueio total das atividades na Capital.

“Entendemos que se o comerciante adotar 100% dos protocolos, a chance da prefeitura adotar o lockdown será menor. Vamos em cada negócio com orientação dos protocolos de biossegurança. As empresas visitadas, receberão um selo Eu Fui Orientado. Empresário, receba a visita do Sebrae, juntos vamos superar esse momento", afirma o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça.

O empresário que não adotar as medidas de biossegurança corre outros riscos, além de expor a saúde de colaboradores e clientes. Por exemplo: Quem não respeitar as medidas de distanciamento social e houver aglomeração no local, poderá ser alvo de fiscalizações da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Gestão Urbana (Semadur). Punições poderão ser aplicadas, desde a interdição até a cassação do alvará de localização e funcionamento.

Ação nos Bairros

Ao todo, um grupo formado por 23 agentes estará nas ruas do Tiradentes orientando os negócios de bairros, no novo horário autorizado para funcionamento do comércio: entre 9h e 17h, conforme decreto municipal.  A equipe respeitará as medidas de segurança, munida dos equipamentos de proteção individual (EPIs). Onde não tiver o mutirão presencial, os empresários serão contatados via canais remotos do Sebrae/MS.

Além do Bandeira, nos próximos dias a ação irá percorrer mais duas regiões urbanas da Capital: Lagoa e Anhanduizinho, nos bairros Universitário (23 de julho) e Moreninhas (30 de julho). Ao fim, a expectativa é atingir 19 mil micro e pequenas empresas.

Os negócios visitados receberão o selo “Eu Fui Orientado”, que faz parte do programa Sebrae Orienta. E quem optar por realizar a consultoria de biossegurança, e cumprir todos os requisitos dela, receberá uma certificação digital. As inscrições para as consultorias podem ser feitas em: orienta.ms.sebrae.com.br. Mais informações pelo telefone 0800 570 0800.

ASSECOM

Tecnologia do Blogger.