Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Empresário da Capital é preso com cocaína avaliada em R$ 1,1 milhão

Márcio Peralta disse que está endividado, por isso aceitou levar a droga para SP

Tabletes de cocaína sobre o capô do Jeep Cherokee apreendido com empresário da Capital ©DIVULGAÇÃO
Empresário morador em Campo Grande foi preso por policiais rodoviários federais na tarde desta quinta-feira (23) com 45 quilos de cocaína pura na BR-463, no município de Ponta Porã, fronteira com o Paraguai.

O nome dele não foi divulgado pela polícia, mas o site Campo Grande News apurou se tratar de Márcio Aparecido Nunes Peralta, 35. No sistema nacional de consulta de CNPJ, ele aparece como sócio administrador de uma empresa de representação comercial localizada no Recanto dos Rouxinóis, na Capital.

A droga seria vendida por no mínimo R$ 1,7 milhão em São Paulo, onde o quilo do produto puro é entregue por cinco mil dólares, segundo policiais que atuam na repressão ao tráfico na fronteira.

Marcio Peralta conduzia um utilitário importado Jeep Cherokee prata com placa de Campo Grande quando foi parado no posto fiscal Pacuri por policiais da delegacia da PRF em Dourados.

Os tabletes da droga estavam no fundo falso do utilitário. Marcio disse aos policiais que está endividado, por isso aceitou receber R$ 20 mil para levar a droga até São Paulo. O detalhe é que ele aparece na lista das pessoas beneficiadas com o auxílio emergencial de R$ 600, liberado pelo governo federal por causa da pandemia do novo coronavírus.

O empresário contou ter pego a droga em Ponta Porã, onde oficialmente a fronteira está fechada pelo governo paraguaio, mas o volume de drogas apreendidas dobrou de maio para cá. A cocaína e o preso serão levados para a Polícia Federal em Ponta Porã. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Helio de Freitas, de Dourados
Tecnologia do Blogger.