Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Em audiência proposta pelo deputado Contar, Dr. Ovando defende tratamento e prevenção da Covid-19

©DIVULGAÇÃO
Médicos participantes da audiência pública "Oportunidade do tratamento medicamentoso da Covid-19", proposta pelo deputado estadual, Capitão Contar, em parceria com o deputado federal e médico, Luiz Ovando, foram unânimes em divulgar os resultados positivos do uso de medicamentos, apelidado de "Kit Covid", por meio de um protocolo assinado pelos profissionais da área da saúde. Os remédios utilizados agiram de forma salutar, tanto no tratamento inicial de pessoas infectadas com o coronavírus, quanto na fase preventiva.

O evento foi transmitido virtualmente pela ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) e contou com a presença do deputado estadual Antonio Vaz, presidente da Comissão de Saúde da Casa de Leis, e dos médicos Sandro Benites e Marcelo Vilela. Os profissionais defenderam a ciência, ressaltando que ela não é uma exata e, por isso, é necessária a realização de pesquisas e observação sobre aquilo que traz bons resultados.

“Medicamentos como hidroxicloroquina são prescritos há 80 anos e sempre trouxeram bons resultados, desde que sejam manipulados de forma certa e feita por profissionais habilitados”, frisa o médico Sandro e acrescenta, “somos unânimes em afirmar que este tipo de coquetel é uma alternativa acessível a população. Temos que tratar todas as pessoas como se fossem da nossa família, esse é o papel de um médico”.

Fala apoiada pelo deputado federal, Luiz Ovando: “não sabemos o que tem por trás de quem defende a compra de respiradores em vez de medicamentos, que podem prevenir e tratar as pessoas no estágio inicial. Uma alternativa inteligente que tem estudos comprovados e que, de fato, salva vidas”.

Já o médico Marcelo Vilela trouxe dados sobre a Covid-19. “Somos o segundo país no mundo em recuperação de pessoas contaminadas com o coronavírus. Além do nosso clima, a forma de prevenção é um fator importante para que o caso não se agrave. Pois, se não tratarmos logo no início, teremos ainda mais pessoas nas UTI’s e isso é muito sério”, revela.

De acordo com o Antonio Vaz, a Comissão de Saúde enviou algumas providências para coibir o número de infectados. “Foi apresentada uma solicitação para que os profissionais de saúde de Mato Grosso do Sul para que usem os medicamentos contra Covid. Que eles sejam fornecidos por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), uma maneira de ajudar a quem nos ajuda”.

O proponente da audiência, Capitão Contar, falou da oportunidade em levar mais informação à população e agradeceu os profissionais envolvidos: “é com unidade e informação que iremos combater o coronavírus e qualquer outra doença que venha a acometer o nosso povo. Reitero a minha solidariedade a todos que perderam alguém para o Coronavírus ou que ora sofrem com essa doença. E faço um agradecimento a todos que estão na linha de frente, ou seja, todos que arriscam suas vidas diariamente em prol de vencermos essa guerra”.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.