Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Deputado Marçal Filho pede agilidade em obras na Hayel Bon Faker em Dourados

Deputado encaminhou requerimento ao Governo pedindo explicações sobre a obra

©DIVULGAÇÃO
O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) pede agilidade nas obras de revitalização da Hayel Bon Faker, uma das principais avenidas de Dourados. Realizada pelo Governo do Estado, os serviços tiveram desaceleração. Em requerimento encaminhado ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de Infraestrutura Murilo Zauith, o deputado questiona se houve mudanças no projeto e se há alteração no prazo de conclusão da obra.

Os serviços tiveram início em setembro de 2019, com uma grande força-tarefa e concentração de trabalhadores, o que não vem ocorrendo nos últimos meses. A Hayel Bon Faker será revitalizada num trecho de aproximadamente oito quilômetros, da avenida Marcelino Pires até o trevo da bandeira, na BR 163.

Conforme o cronograma, o trecho será totalmente reestruturado com alargamento da pista e remodelação dos canteiros centrais, com novo asfalto, sinalização e drenagem para prevenir os constantes alagamentos em períodos de chuva. O investimento é de R$ 10,3 milhões, com recursos do Governo do Estado.

Marçal Filho destaca os investimentos que o Governo tem aplicado em Dourados, a exemplo de revitalização de outras importantes avenidas, como a Marcelino Pires, a Joaquim Teixeira Alves e a Weimar Gonçalves Torres. Ele pede que o mesmo sistema de trabalho seja aplicado na atual obra. "A população tem nos cobrado e precisamos dar uma resposta sobre o andamento dos trabalhos na Hayel Bon Faker, que estão desacelerados", diz o deputado.

A revitalização da avenida é um sonho antigo da população, principalmente dos comerciantes. Da região central até a saída da cidade, na BR-163, a avenida é composta por empresas de diferentes segmentos. A modernização da via estava prevista para ser concluída até dezembro deste ano. No entanto, o prazo pode ter sido alterado e o deputado pede explicações.

ASSECOM

Tecnologia do Blogger.