Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

CAPITAL| Câmara vota amanhã Lei de Diretrizes Orçamentárias, e de 242 emendas restaram 61

Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande ©Marcos Maluf)
A Câmara Municipal de Campo Grande coloca amanhã em 1ª votação mais uma LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). Os vereadores apresentaram 242 emendas ao Projeto de Lei enviado pela prefeitura, referente aos gastos previstos para 2021, mas a versão foi fechada com 61 propostas. A votação final está prevista para quinta-feira.

Segundo a assessoria do legislativo municipal, nas emendas que ficaram, 14 estão relacionadas à infraestrutura urbana e rural ou meio ambiente e representam 22,95% do total.

"Na sequência, constam os temas sociocultural e político institucional, com 12 emendas cada. A área da saúde recebeu 10 emendas, outras oito são destinadas à educação e informação e mais 5 direcionadas ao desenvolvimento econômico”

Das mais de 200 propostas iniciais de emendas, metade delas (51%), eram referentes à assuntos sociais, culturais e de infraestrutura. As sugestões passaram por análises técnicas e jurídicas e foram reduzidas a praticamente 1/4. Indicações repetidas também puderam ser aglutinadas.

A votação está dentro do prazo previsto, que sempre foi 30 de junho. A LDO estabelece metas e direciona o orçamento do município, definido pela LOA (Lei Orçamentária Anual). O projeto prevê orçamento de R$ 4,333 bilhões para o próximo ano, crescimento de 0,70% se comparado com 2020, de R$ 4,303 bilhões. 

Por Ângela Kempfer
Tecnologia do Blogger.