Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Devido à pandemia, deputado Felipe Orro quer mais prazo para pecuarista atualizar cadastro agropecuário

©DIVULGAÇÃO/ARQUIVO
O deputado estadual Felipe Orro (PSDB) apresentou indicação em sessão remota da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, realizada nesta quarta-feira (27), solicitando ao governador Reinaldo Azambuja a prorrogação do prazo para a inclusão de informações referentes ao PROACAP (Programa de Atualização do Cadastro de Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos). 

De acordo com o Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), o PROACAP é obrigatório para os produtores rurais de Mato Grosso do Sul e integra as ações do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, que trabalha a retirada da vacinação contra febre aftosa em todo País. Os produtores de Mato Grosso do Sul que possuem estoque de animais bovinos e bubalinos em 2019 e aqueles quem têm arrendamento, comodato ou cessão de posse e que tenha estoque de animais neste ano deveriam fazer o cadastro no PROACAP até o próximo domingo (31). 

"Todavia, por conta da pandemia do Covid-19, recebi diversas demandas de produtores rurais que estão encontrando dificuldades para proceder com a atualização. Por conta disso, solicitei ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de fazenda, Felipe Mattos, que esse prazo seja estendido", explica Felipe Orro.

Entre os principais objetivos do PROACAP estão o ajuste do estoque de animais bovinos e bubalinos; atualização do Cadastro da Agropecuária através do sistema e-CAP, de responsabilidade da Secretaria Estadual de Fazenda e; melhoria da qualidade dos dados.

"Produtores das mais variadas regiões do Estado estão com dificuldades para levantar a documentação necessária para proceder com a atualização cadastral. A pandemia do novo coronavírus está crescendo em todo o Estado e vem trazendo enormes desafios aos pecuaristas sul-mato-grossenses que possuem estoque de animais bovinos e bubalinos, principalmente nas áreas mais afastadas do Pantanal. Para que haja mais tempo hábil para proceder com essa atualização, reiteramo o pedido de prorrogação deste prazo", finaliza Felipe Orro.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.