Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

CAPITAL| Prefeitura convoca 60 médicos para a "linha de frente" do combate à covid-19

Profissionais trabalharão nas UPAs, UBSs e UBSFs de Campo Grande

Unidades de atendimento 24 horas receberão reforço no quadro de médicos ©PMCG
A Prefeitura de Campo Grande convocou nesta quinta-feira (14) 60 médicos para reforçar o combate à covid-19 em postos de saúde. Conforme o edital, profissionais deverão se apresentar na SGTE (Superintendência de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde) nas datas e horários estipulados.

Foram chamados médicos ambulatoriais, plantonistas e plantonistas residentes que atuarão com diferentes cargas horárias. Os profissionais trabalharão na linha de frente, em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UBSFs (Unidades Básicas de Saúde da Família).

Ao todo, são 11 plantonistas residentes, que trabalharão 12 horas semanais, 17 plantonistas, com carga horária de 24 horas por semana. Também foram chamados 32 médicos ambulatoriais, sendo 15 com carga de 40 horas por semana, 16 trabalharão 24 horas e 1 atuará 20 horas semanais.

Os convocados estavam inscritos no cadastro de médicos temporários da prefeitura.

Devido a pandemia do novo coronavírus e ao decreto n. 14.195, de 18 de março de 2020, que declara situação de emergência em Campo Grande, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) alerta que profissionais compareçam, com a documentação exigida, estritamente em data e horário divulgados no edital. Caso não possam honrar com o estabelecido, é necessário entrar em contato com a SGTE, pelos telefones 2020-1662 ou 2020-1663, para remarcar. 

Por Anahi Zurutuza
Tecnologia do Blogger.