Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Deputado Marçal Filho, ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, POLITICA,

Deputado diz que população deve aproveitar quarentena para eliminar focos de dengue

©DIVULGAÇÃO
A pandemia do coronavírus não pode ocultar e tirar a devida atenção da importância da prevenção e do combate do mosquito Aedes Aegypti e as doenças que ele transmite, como a dengue, zika e a chikungunya. A opinião é do deputado estadual Marçal Filho (PSDB).

O parlamentar vê com preocupação o aumento do número de casos e de mortes este ano. Último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostra que, em na última semana, Mato Grosso do Sul registrou duas mortes por dengue e 1.463 novos casos.

Conforme o boletim epidemiológico, 76 dos 79 municípios sul-mato-grossenses estão com alta incidência da doença, quando as notificações passam de 300 a cada grupo com 100 mil habitantes. As notificações suspeitas de dengue somam 40.215 no Estado. Já as confirmações são 15.084. 

"Há uma preocupação com o coronavírus porque é um vírus novo. Ninguém tem imunidade, então, a chance de ele infectar um número muito grande de pessoas é alto. No entanto, temos outras doenças no Brasil com as quais temos que nos preocupar, entre elas a dengue”, diz o parlamentar.

Para Marçal Filho, a população e o poder público não podem se acostumar que várias pessoas vão ficar doentes e algumas delas, morrer e entrar para as estatísticas. Especialistas têm alertado que o período de maior incidência da dengue, assim como da gripe comum, pode coincidir com o pico de contaminação do covid-19, meses de abril e maio, por isso, é fundamental que a população aproveite a quarentena para, também, se proteger do mosquito transmissor e eliminar criadouros do mosquito.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.