Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Natal e Ano Novo devem movimentar quase R$ 1 bilhão em MS

Levantamento realizado pelo Sebrae/MS e Instituto de Pesquisa da Fecomércio-MS entrevistou mais de 1.600 pessoas na capital e interior

©DIVULGAÇÃO
Em 2019, a movimentação financeira com compra de presentes e comemorações de Natal e Ano Novo em Mato Grosso do Sul deve chegar a quase R$ 1 bilhão. A pesquisa, divulgada nesta terça-feira (3), é uma realização do Sebrae/MS em parceria com o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS).

O estudo aponta um aumento de 11% no gasto médio com as festas de final de ano em relação a 2018, ficando em torno de R$ 1.100,20 por pessoa. A quantidade de presentes também subiu: cerca de 30% dos entrevistados darão quatro ou mais.

Outro dado em destaque é a quantidade de pessoas que farão as compras no centro das cidades: 76%, contra 4% em shoppings e 3% na internet. Segundo a técnica e economista do Sebrae/MS Vanessa Schimdt, em Campo Grande, isso se deve principalmente à revitalização recente do local, além dos preços mais baixos.

“Com as obras, o consumidor teve que buscar outros locais para comprar, especialmente pela dificuldade de locomoção. Agora ele voltará para ver o centro de cara nova e aproveitar possíveis promoções que os comércios farão para suprir a queda de faturamento durante aquele período”, destaca.

O bom atendimento também fará a diferença na decisão, sendo um critério relevante para 31% dos entrevistados. A especialista explica que esse comportamento é característico de uma geração mais jovem, que preza por mais do que bens materiais.

“Temos percebido nas pesquisas sazonais que o consumidor valoriza mais a experiência do que o item físico comprado. Ele gasta mais com comemorações do que com presentes. Esse comportamento é visto principalmente nas gerações Y e Z, que são mais jovens”, afirma.

O levantamento foi realizado em Campo Grande, Dourados, Bonito, Coxim, Três Lagoas, Ponta Porã e na região do Pantanal (Corumbá e Ladário), com coleta de informações sobre perfil, comportamento e gastos de 1.692 pessoas.

No interior, o destaque fica para Bonito, que tem o maior percentual de pessoas que irão às compras de presentes (quase 83%); e Três Lagoas, que possui o maior gasto médio com presentes (R$ 493,66) e o maior gasto médio com comemorações de Natal (R$ R$ 397,50).


ASSECOM/SEBRAE-MS
Tecnologia do Blogger.