Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Estudante de 20 anos é morta durante briga em festa em centro comunitário

Segundo amigo da família, Luana Farias de Oliveira, 20 anos, teria sido atingida por engano na briga

Caso está sendo investigado pela equipe da Depac Piratininga ©Marcos Maluf
A acadêmica de Direito Luana Farias de Oliveira, 20 anos, morreu na madrugada de hoje, durante briga ocorrida dentro do centro comunitário do bairro Universitário. A jovem teria sido morta por engano, ferida com cortes de garrafa no pescoço, rosto e braços. A polícia já tem suspeito.

A briga teria ocorrido por volta das 2h no centro localizado na Rua Elesbão Murtinho. A Polícia Militar havia sido chamada por conta do barulho da festa e da confusão, porém, quando chegou, o evento já havia sido encerrado.

A mesma equipe foi acionada para ir para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro Universitário onde uma pessoa ferida durante a festa estaria sendo atendida.

No boletim de ocorrência consta que o marido, identificado como David disse que estava na festa com Luana quando começou a briga. Na confusão, ela disse que estava ferida e desmaiou. No posto, a jovem morreu por volta das 2h50.

Um amigo da família, que não quis se identificar, disse que eles estavam indo embora da festa quando a briga começou. Os ferimentos teriam sido causados quando o suspeito, munido de garrafa cortada, tinha acabado de tentar golpear outra pessoa e atingiu Luana por acidente. A jovem estudava Direito e trabalhava como atendente de farmácia, segundo o rapaz.

O pai da garota, Daniel Fernandes de Oliveira, disse que estava em Jaraguari quando foi avisado do ocorrido e, quando chegou à unidade de saúde, a filha já tinha morrido.

A polícia informou que já tem informações sobre a identidade do suspeito, que está sendo procurado. O corpo da jovem será velado na Pax Real e ainda não há horário previsto para sepultamento.

Fonte: campograndenews
Por: Silvia Frias e Clayton Neves

Tecnologia do Blogger.