Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Sistema de custos referenciais de obras públicas é tema de palestra em Campo Grande

Imprescindível para a elaboração de orçamentos e contratação de serviços de infraestrutura de transportes, o novo Sicro tem sido cada vez mais utilizado nas esferas federal, estaduais e municipais

©PUGÁS/DNIT
O engenheiro e ex-coordenador-geral de custos do Dnit, Luiz Heleno Albuquerque Filho, realiza, de 6 a 9 de novembro, em Campo Grande, treinamento sobre o Sistema de Custos Referenciais de Obras – Novo Sicro, ferramenta criada e aperfeiçoada pelo Dnit para elaboração de orçamentos e utilizada como referência de preços para obras e serviços rodoviários, ferroviários e hidroviários.

O curso é dividido em dois módulos. No módulo I, serão discutidos, entre outros assuntos, os custos diretos com equipamentos, mão de obra, materiais e operações de transporte; composições de custos unitários; produção dos equipamentos e serviços; e definição da parcela de BDI.

No módulo II, serão abordados temas como a Engenharia de Custos, incluindo a formação de custos de referência para instalação de canteiros de obras, para administração local e para mobilização e desmobilização; indenização do superficiário; custos de referência para aquisição e transporte de produtos asfálticos; estimativa de custos; Sistemas de Custos Referenciais do DNER/Dnit; Regime Diferenciado de Contratações (RDC) e o gerenciamento de riscos; roteiro de auditoria de obras públicas; e elaboração e atualização de orçamentos. Ao final, serão apresentados e discutidos diversos estudos de casos e orçamentos de rodovias, ferrovias e obras de arte especiais.

Para Luiz Heleno, “a utilização do Sicro na elaboração de orçamentos de obras tem permitido ao Governo Federal licitar e contratar obras e serviços de engenharia com mais segurança e transparência na aplicação de seus recursos”.

Segundo o analista de infraestrutura do Dnit, o Sicro se constitui hoje em um sistema de custos completo e compatível à natureza multimodal do Dnit, e tem sido cada vez mais utilizado nas esferas federal, estaduais e municipais.

“Exatamente por se constituir em ferramenta oficial para a elaboração de orçamentos de obras de infraestrutura de transportes com recursos do Governo Federal, o conhecimento do Sicro, ou seja, de seus conceitos e aplicações, representa condição imprescindível a todos os profissionais da cadeia produtiva do setor, a saber: projetistas, empreiteiros de empresas de diferentes portes e naturezas, fiscais e gestores públicos, supervisores e gerenciadores de obras, auditores e analistas de controle interno e externo e estudantes de engenharia”, destaca o engenheiro.

Palestrante – O analista de infraestrutura do Dnit, Luiz Heleno Albuquerque Filho, é Mestre em Geotecnia e foi, durante oito anos, o responsável pela coordenação dos trabalhos de elaboração do Novo Sicro. Além de coordenador-geral de Custos de Infraestrutura de Transportes do Dnit, foi também professor da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), possui larga experiência na área de infraestrutura de vias terrestres, de superestrutura ferroviária, de engenharia de custos e formação de preços de obras públicas, além de geotecnia aplicada à mineração, especialmente em investigação geotécnica de campo e barragens de rejeitos. Conta ainda com diversos trabalhos publicados em congressos na Holanda, Portugal, Reino Unido e em vários estados brasileiros.

Realização – O curso é uma realização da New Roads, empresa de referência nacional em engenharia rodoviária e pavimentação urbana, que oferece cursos, treinamentos e seminários com os melhores profissionais do mercado, além de consultoria e auxílio técnico desde procedimentos específicos até amplas análises das rotinas existentes, com propositura de novas formas e metodologias de trabalho que possibilitam maior eficiência, menores custos, e melhores resultados nas obras. Os cursos e treinamentos da New Roads primam pela excelência da informação e a aplicação prática no mercado.


Fonte: New Roads Consultoria
Tecnologia do Blogger.