Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

MPRJ ainda não enviou denúncia contra ex-BBB Paula para Justiça

A ex-BBB foi indiciada por por conta de suas declarações dentro do programa da Globo

©Reprodução / TV Globo
Após o final da edição 2019 do reality show 'Big Brother Brasil', a participante Paula von Sperling foi indiciada por injúria e preconceito com base na intolerância religiosa, por conta de suas declarações dentro do programa da Globo.

No entanto, segundo informações do jornal 'Extra', após mais de seis meses da decisão do MPRJ, a 25ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal (PIP) da 1ª Central de Inquéritos, que recebeu o caso, não decidiu se vai ou não encaminhar à Justiça a denúncia contra a mulher.

O promotor Luis Otávio Figueira Lopes, que era o responsável pelo caso, não arquivou, não demandou novas diligências ou denunciou Paula. 

Em abril, a Decradi concluiu que houve preconceito por parte de Paula, a vencedora da edição de 2019, contra o participante Rodrigo. Após diversas testemunhas serem ouvidas, análise de vídeo e demais diligências realizadas, a especializada concluiu que houve injúria por preconceito.

Ainda segundo a publicação, o Ministério Público foi procurado para comentar o caso, mas até o momento não se pronunciou sobre o assunto.

NAOM
Tecnologia do Blogger.