Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Governo Presente: Novo Horizonte do Sul quer equipar frigorífico para movimentar economia

©DIVULGAÇÃO
Com 3,8 mil habitantes (IBGE 2019) e economia baseada na atividade agropecuária, Novo Horizonte do Sul quer parceria do Governo do Estado para equipar um frigorífico de bois em construção na cidade e movimentar a economia e a geração de emprego.

A proposta foi apresentada pelo prefeito Marcílio Álvaro Benedito ao governador Reinaldo Azambuja nesta quinta-feira (24), durante o programa Governo Presente, que está em Naviraí para ouvir demandas de 17 prefeitos das regiões Cone-Sul e Sul-Fronteira.

“Os equipamentos desse frigorífico bovino vão custar o equivalente a R$ 1,3 milhão. Mais R$ 800 mil para as câmaras frias para armazenagem das carnes”, explicou o prefeito. “O governador sentiu a necessidade e a realidade desse projeto”, completou Marcílio.

Também participaram do encontro o vice-prefeito Ranielli Felippi e o presidente da Câmara, vereador Ademir de Oliveira, acompanhado dos demais parlamentares. Além deles, gerentes da prefeitura de Administração, Obras, Assistência Social, Agricultura e Habitação.

Pelo Estado estiveram presentes os secretários Sérgio de Paula (Articulação), Eduardo Riedel (Governo), Maria Cecilia (Educação), Geraldo Resende (Saúde), Pedro Chaves (Estratégia); os adjuntos C. Barbosa (Segurança) e Luis Roberto (Infraestrutura).

Além deles o deputado estadual Onevan de Matos, representando a Assembleia Legislativa, e os diretores-presidentes das empresas públicas Sanesul, Walter Carneiro Júnior; da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez; e da MSGás, Rudel Trindade.

Governo Presente

Reinaldo Azambuja vem desde setembro percorrendo os municípios de Mato Grosso do Sul com o programa Governo Presente, com “objetivo de fazer um raio-x das demandas municipais e criar um planejamento de investimentos para os próximos três anos”.

Em Naviraí, as reuniões técnicas são realizadas no Centro Estadual de Educação Profissional Senador Ramez Tebet – dentro da Coordenadoria Regional de Educação. “Vamos atender executivos e legislativos dos municípios, independente de coligação e cor partidária”, falou.

“Aqui discutimos ações importantes para o desenvolvimento dos municípios”, emendou o governador ao destacar sua gestão municipalista. “Fizemos isso no início do nosso governo, em 2015; depois em 2017, quando mudaram os prefeitos que foram eleitos em 2016”, disse.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.