Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Procura-se uma candidata para estrelar a Campanha Autoestima Renovada

Não é concurso de beleza, é uma ação para devolver a autoestima de mulheres que enfrentaram e venceram o câncer. #OutubroRosa

©DIVULGAÇÃO
A Campanha Autoestima Renovada está à procura de uma mulher que tenha enfrentado e vencido o câncer e deseja refazer a suas sobrancelhas com micropigmentação. A idealizadora da ação é a designer e micropigmentadora de sobrancelhas, Fernanda Scardini.

“Quero dar prosseguimento a esse projeto de recuperação da autoestima das mulheres que passaram pelo câncer e estão se superando diariamente, nada melhor do que se olhar no espelho e confirmar que deixou a doença para traz e poder expressar essa vitória com sua beleza realçada através das sobrancelhas perfeitas”, completou.

A Campanha Autoestima Renovada é fruto de uma amizade de mais de 20 anos de Fernanda com Maria Aparecida Batista, que é sua cabeleireira. “A Cida foi diagnosticada com câncer de mama, enfrentou todo o doloroso processo do tratamento até reconstrução da mama direita no ano passado. Ela é uma vencedora. Vendo a situação de como as sobrancelhas dela ficaram após essa batalha resolvi dar de presente meu serviço de micropigmentadora para restaurar as suas sobrancelhas, podendo assim lhe devolver a expressão facial harmoniosa que me lembrava. Foi daí que veio a Campanha Autoestima Renovada. E agora quero poder ampliar o número de mulheres atendidas”, relatou.

Hoje Cida tem 54 anos é mãe de um casal de filhos (adultos), avó de três crianças, uma mulher de bem com a vida e muito feliz. Em um breve relato descreve como foi sua batalha contra o câncer de mama.

Maria Aparecida descobriu que tinha câncer no dia 18 de fevereiro de 2015, não esquece a data, pois, estava se preparando para ir para a praia, naquela época morava em Paranaguá (PR). “Estava no banho quando passei a mão no meu seio e senti um caroço perto da aréola mamaria. Fiquei assustada, pois meus exames de rotina estavam em dia, mas fui praia mesmo assim”.

Cida, como é conhecida pelas amigas, procurou ajuda médica e constatou que realmente sua saúde estava comprometida, pois, o caroço já era visível, mas a mamografia não acusou nada. Não satisfeita com o resultado, pagou uma consulta médica. “A própria médica ao examinar sentenciou: não é bom. Não é bom”.

Diante do diagnóstico, Cida foi encaminhada para Campo Grande (MS), visto que aqui possuía plano de saúde. Ao passar por nova consulta com uma mastologista o diagnóstico foi confirmado: câncer maligno. “Câncer Maligno e do feroz. Já tinha contaminado os linfonodos sentinelas do braço”, comentou Cida.

“No dia 28 de março (daquele ano) foi feita a cirurgia para a retirada da mama. Fiz 8 sessões de quimioterapia e 35 de radioterapia. A radioterapia acabou comigo. Desde a quimio, perdi todo o cabelo e pelos (cílios e até das narinas), já a sobrancelha ficou bem falhada e até hoje se esfrego com mais força os fios, eles saem nas minhas mãos. Fiquei branca estampada, sem vida. A sobrancelha quem recuperou foi a ‘Fer’ (se referindo a Fernanda Scardini)”, confessou.

Mesmo diante de todo o tratamento, sendo uma cabeleireira, trabalhando com a beleza das outras pessoas, se viu completamente “nua”. Maria Aparecida confessou que quando seus cabelos começaram a cair, pegou a máquina no seu salão e ela mesma tirou os fios que ainda lhe restavam. “Chorei por cinco minutos, mas não me abati, mesmo após as sessões de quimioterapia, colocava os lencinhos na minha careca e atendia as minhas clientes, não parava por nada. Isso é o mais importante, você não deixar o câncer vencer sua autoestima, vencer o seu psicológico. Eu segui em frente, com minha fé e crendo na minha recuperação”, relatou.

No dia 05 de outubro de 2019, faz um ano que Cida fez a reconstrução da sua mama e confessa que optou pela reconstrução para poder se sentir mais feminina e aproveitar o namoro que vai de vento em poupa.

Recuperada e plena, Cida disse que quando finalmente pode fazer sua micro se sentiu realizada. “Eu cuidava da simetria das minhas sobrancelhas com o lápis, para dar uma melhorada, pois eu lido com a beleza dos outros todos os dias no meu salão e meu rosto é meu cartão de visitas. Aí quando a Fernanda me ofereceu gratuitamente para fazer a micro, fiquei muito feliz. Minha sobrancelha tá linda, perfeita e natural. Sou espelho para as minhas clientes, tenho que estar bem. Sou muito grata a Fer por ter devolvido a beleza do meu olhar”.

A Campanha Autoestima Renovada é destinada a mulheres de baixa renda que não possuem condições para pagar a micropigmentação. “Queremos ampliar a corrente do bem, ajudar mulheres que desejam reconstruir suas sobrancelhas e não tem como pagar. Estou procurando a próxima candidata, pois, todo mês quero atender uma mulher e ajudá-la nesse processo do pós-câncer, com sua autoestima renovada, pronta para uma vida plena e feliz”.

Lembrando que para participar da Campanha Autoestima Renovada a paciente deve ter autorização do médico para fazer a micropigmentação, pois é um procedimento invasivo.


Por: Andressa Lopes - Advice Digital Comunicação
Tecnologia do Blogger.