Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Identificados dois mortos em acidente com ônibus que saiu de MS

Polícia Civil de MG ainda aguarda identificação de casal de idosos que morreu carbonizado na BR-365; feridos relatam acidente

Caminhão e ônibus pegaram fogo no acidente, na BR-365, em Patos de Minas (MG) ©Patos Hoje
Foram identificados dois dos quatro mortos do acidente envolvendo ônibus de passageiros que saiu de Campo Grande e bateu de frente com caminhão na BR-365, em Patos de Minas (MG). A Polícia Civil ainda aguarda contato de familiares para identificar o casal de idosos que também morreu na colisão.

O acidente aconteceu por volta das 20h, no km 419 da BR-365, em Patos de Minas (MG) envolvendo o ônibus de viagem da Empresa Gontijo, que saiu de Campo Grande com destino ao Recife (PE) com 28 passageiros e motorista.

A informação da PRF (Polícia Rodoviária Federal) é que o acidente aconteceu depois que veículo de passeio saiu de estrada vicinal e entrou na rodovia.

O motorista do ônibus não conseguiu desviar a tempo, bateu no veículo e, sem controle, invadiu a pista contrária e atingiu caminhão de laticínios.

Na colisão, o caminhão começou a pegar fogo, que se alastrou para o ônibus. O caminhoneiro, Manacésar Bernardes da Costa, 47 anos, morreu carbonizado. O passageiro Marcos Pedro da Silva, 67 anos, passageiros do ônibus, chegou a ser levado para o hospital, mas morreu durante atendimento. O corpo de Manacésar já foi liberado e será sepultado em Goiânia (GO).

Os outros dois mortos ainda não foram identificados. Segundo informações da Polícia Civil, trata-se de casal de idosos que estava sentado nas poltronas da frente e não conseguiu sair a tempo. A empresa forneceu a lista de passageiros, mas, como durante o trajeto muitos descem pelo caminho e outros entram, ainda não foi possível ter certeza quem são essas vítimas.

A assessoria da Gontijo disse que está prestando assistência aos feridos que estão no hospital e os que foram levados a hotel de Patos de Minas. A empresa irá fornecer passagem para os que quiserem voltar ou seguir viagem, à medida que forem sendo liberados de atendimento médico.

Gritos e socorro – o site Patos Hoje divulgou vídeo com relato dos feridos no acidente. José Emanuel estava sentado na cadeira 46 e disse que se lembra da gritaria e dos pedidos de socorro. Ele relatou que conseguiu sair pela janela e, em seguida, puxava outros passageiros, porém, teve que sair do local quando o incêndio começou e, por isso, não conseguiu ajudar a retirar o casal de idosos. “Não aguentei ficar lá, tive que descer”.

Outro homem, identificado apenas como Adelmo, disse que “trabalhou até não ver mais ninguém no ônibus”, ajudando a retirar os sobreviventes. Ele saiu sem ferimentos. João Vítor também prestou auxílio. “Fizemos o que pudemos”.

O condutor do veículo de passeio que provocou acidente foi preso a poucos quilômetros do local. De acordo com a PRF, ele foi identificado como sendo Bruno Amaral Carneiro e o teste do bafômetro indicou 0,78 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Ele deve ser indiciado por homicídio culposo na direção de veículo, omissão de socorro e afastar veículo do local do acidente. O amigo, Bruno Xavier Coelho, que também teve teor alcoólico indicado no exame, também irá responder pelos mesmos crimes.

Fonte: campograndenews
Por: Silvia Frias
Tecnologia do Blogger.