Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

ARTIGO| As irmãs gêmeas Paraíso das Águas e Figueirão e suas particularidades

Um resumo de Ildo Furtado de Oliveira - ex-prefeito de Figueirão e atual secretário municipal de Administração e Finanças de Paraíso das Águas, desde 2013

Da esquerda para a direita – Deputado Gerson Domingos, Deputado Akira, Vereador Ildo de Figueirão, Deputado Ary Rigo e o Vereador Xixi de Paraíso ©ARQUIVO PESSOAL
Por Ildo Furtado - A liberdade é uma conquista do dia a dia, geralmente ela vem inspirada por fortes sentimentos.

A independência de Figueirão e Paraíso das Águas aconteceram graças ao apoio de muitas lideranças políticas e da vontade popular, mas há as lideranças estaduais que sensibilizados pelos nossos esforços, abraçaram a causa e que merece ser lembrados e destacados para sempre, dentre eles os Ex Deputados Estaduais: Cícero de Souza e Akira Otsubo, ambos os autores do Projeto de Lei que criou o município de Figueirão e Cícero de Souza e Ary Rigo que foram os autores do Projeto de Lei que criou o município de Paraíso das Águas e contou ainda com o apoio importantíssimo do Ex – Deputado Gerson Domingos.

Segue resumido os momentos históricos da criação dos municípios, em que no dia 26/09/2003 a Assembleia Legislativa Estadual votaram por unanimidade os Projetos de Leis criando os dois municípios.

Já no dia 29/09/2003 o Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, José Orcírio Miranda dos Santos sancionou a Lei criando os municípios.

No dia seguinte dia 30/09/2003, foi publicado no Diário Oficial do Estado o ato oficial e definitivo de nascimento dos Municípios, o de Paraíso das Águas através da Lei Estadual n. 2.679 e de Figueirão através da Lei 2.680.

Hoje dia 30 de setembro é uma data inesquecível na minha vida, é como se estivesse comemorando o aniversário de alguém muito importante é um sentimento de liberdade, de conquistas, de oportunidades e muita alegria.
Momento em que os Vereadores Ildo, Xixi e Gilsão, esteve na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso com o Deputado Estadual Riva, no ano de 2001, buscando informações da legislação sobre a criação de municípios em MT ©ARQUIVO PESSOAL
Na época eu Ildo, o Gilson e Xixi, éramos as lideranças municipais que encamparam a luta pela Emancipação Política e Administrativa dos dois Distritos, os vereadores Ildo e Gilson pelo Distrito de Figueirão e Xixi pelo Distrito de Paraíso.

Eu Ildo e Xixi, somos memórias vivas de uma luta que parecia impossível, só nós sabemos contar o passo a passo de toda a história desde o convencimento dos nossos Deputados Estaduais até a publicação do ato oficial de nascimento dos dois municípios, e toda festa de comemoração do aniversário dos dois municípios ela vem recheada de emoções, de lembranças e do filme que temos em nossa memória, inclusive quero agradecer ao Prefeito amigo e irmão Xixi e a todos os amigos que me abraçaram naquele momento do grande show dos fogos e que me emocionei muito, pois, naquele momento o brilho no céu me fez voltar ao passado e lembrei-me do Gilsão, do Xixi dos meus filhos ainda pequeno e da nossa viagem a vários Estados e nos municípios recém-criados para conhecer a metodologia e as Leis que tratava da criação dos municípios pelas Assembleias Estaduais em que visitamos, todas as vezes que participo da festa de comemoração do aniversário de emancipação ou seja de Figueirão ou de Paraíso das Águas eu nunca consegui me conter.
Momento em que os Vereadores Ildo e Xixi apresentavam a proposta dos limites dos novos municípios ao Deputado Cícero de Souza ©ARQUIVO PESSOAL
"Eu particularmente tive a honra de ter sido o primeiro Prefeito do município de Figueirão e de ter instalado e estruturado o município e também tive a graça e a alegria de ajudar na instalação e estruturação do município de Paraíso das Águas, município onde continuo dando a minha contribuição.

Agora é aguardar a vontade de DEUS para saber os próximos desafios que virão pela frente, quero ser instrumento de DEUS para servir, ser justo e para fazer o bem ao próximo.
O tempo passa mas a história permanece", afirma Ildo Furtado de Oliveira.

Tecnologia do Blogger.