Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

CAPITAL| REFIS: Prefeitura chama 200 mil contribuintes para renegociar dívidas

Com meta de arrecadar R$ 12 milhões, programa começa na segunda-feira (1º)

O contribuinte pode parcelar o débito em até seis meses, com 75% de desconto, ou 12 vezes, com 30% de abatimento nos juros ©DIVULGAÇÃO
Contribuintes em débito com a Prefeitura de Campo Grande começaram a receber nesta semana correspondência informando sobre as condições oferecidas pelo novo Programa de Pagamento Incentivado (PPI), o Refis, que começa na próxima segunda-feira, 1º de julho. Ao todo, estão sendo enviadas 200 mil cartas com boletos, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças (Sefin). Nesta edição do Refis, débitos que forem quitados à vista terão desconto de até 90% na atualização monetária. 

Conforme informações do secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, o boleto enviado por correspondência ao contribuinte em débito com a Prefeitura “poderá ser pago diretamente nas agências credenciadas, quando não se tratar de débito ajuizado”. Quem preferir pode ir até a Central de Atendimento do Cidadão, situada na Rua Arthur Jorge, 500, para verificar os débitos, parcelar e quitar no banco disponível no mesmo local do atendimento.

O contribuinte pode parcelar o débito em até seis meses, com 75% de desconto, ou 12 vezes, com 30% de abatimento nos juros. O Refis abrange todos os tributos administrados pela Prefeitura Municipal de Campo Grande e além do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), podem ser renegociados débitos referentes ao Imposto sobre Serviços (ISS), Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis ( ITBI) e taxas públicas. O PPI inicia no dia 1º de julho e termina em 12 de agosto de 2019. 

DÍVIDA

Somente com o IPTU, há 193 mil contribuintes em inadimplência com a Prefeitura, o que corresponde a 45% do total. Além do IPTU, há contribuintes com atraso em outros tributos, em dívida que chega ao montante de aproximadamente R$ 2,2 bilhões em parcelas em aberto. 


Fonte: CE
Por: DANIELLA ARRUDA (Com informações assessoria de imprensa Prefeitura de Campo Grande)
Tecnologia do Blogger.