Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

“Rota Bioceânica tem potencial para fomentar turismo em MS”, analisa deputado Capitão Contar

©DIVULGAÇÃO/ALMS
“O Corredor Rodoviário Bioceânico é um grande potencial para fomentar o turismo no nosso Mato Grosso do Sul. Um investimento que lança o nome do nosso Estado para o turismo brasileiro e do exterior”, salienta o deputado estadual Capitão Contar (PSL), durante a sessão parlamentar desta quarta-feira (15). Além disso, ele é o presidente da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio, e analisa que, “a construção do corredor conta com a participação e parceria de outros países da América do Sul. Uma forma de marcar MS em uma rota permanente”.

O investimento também foi debatido durante a Audiência Pública sobre Turismo no Mato Grosso do Sul, que foi proposta pelo parlamentar Capitão Contar na ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), e contou com a presença do ministro da carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos Parkinson de Castro, que foi responsável pelo projeto.

“Estive ligado diretamente a este projeto e posso dizer que a infraestrutura foi pensada para atender quem fizer uso do Corredor. Nossa intenção é ter postos de combustíveis, para que as pessoas aproveitem o passeio com seus veículos, além de hotéis, restaurantes, pontos de observatórios e parcerias com universidades e empresas, que poderão falar sobre o turismo da região”, frisou João Carlos, do Ministério das Relações Exteriores.

O ministro de carreira ainda lembrou da necessidade de um ponto de conectividade. “Precisamos de investimento na região por meio de uma rede de acesso, onde os turistas possam saber o trajeto e o que a rota pode oferecer, por isso, estamos fazendo essas parcerias”, fala.

O deputado também lembra que, “essa necessidade é uma geradora de empregos, isso pode fazer com que projetos saiam do papel e ganhem notoriedade. Por isso é necessário mais engajamento da população para apresentar o nosso Estado a quem venha visitar. Viva o Mato Grosso do Sul, suas riquezas e belezas naturais”, diz.

Por: Jucyllene Castilho
Tecnologia do Blogger.