Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Representatividade Rural: Famasul apresenta demandas do agro ao Governador de MS na Expogrande 2019

No gabinete itinerante do governo do estado, Saito abordou os principais desafios do setor

©DIVULGAÇÃO
O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, apresentou as principais demandas do setor produtivo ao Governador de MS, Reinaldo Azambuja, durante o gabinete itinerante montado na Expogrande 2019, nessa terça-feira.

No primeiro encontro com Azambuja, lideranças políticas e do agro, Saito, acompanhado do vice-presidente do Sistema Famasul, Luís Alberto Moraes Novaes; do diretor-tesoureiro, Marcelo Bertoni e do diretor-secretário, Frederico Stella e do presidente da Avimasul Adroaldo Hoffmann, destacou o cenário da cadeia produtiva da avicultura estadual. “Mato Grosso do Sul tem um grande potencial para alavancar a produção deste segmento, que representa elevada importância econômica e social, por ser tratar de uma atividade que destina aproximadamente metade da carne produzida para exportação e tem alta taxa de empregabilidade”.

Saito ressaltou: “Uma das principais demanda deste setor é a inserção da cadeia produtiva no Programa de Avanços da Pecuária de Mato Grosso do Sul, conhecido como Proape. Outra solução proposta para o desenvolvimento da atividade é a viabilização de projetos de energia solar fotovoltaica nas propriedades, onde a energia chega a representar cerca de 19,9% dos custos de produção”. 

O encontro contou com a presença do secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Riedel; do secretário da Semagro, Jaime Verruck; da diretora técnica, Mariana Urt, além de outros produtores do setor.

Em seguida, em pauta específica com a Famasul, Saito elencou ao Poder Executivo temas relevantes para o setor produtivo abordando os interesses dos produtores de todas as cadeias produtivas.

Também estiveram presentes no encontro, o secretário-adjunto de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Ricardo Senna; o superintendente da secretaria. Rogério Beretta; o presidente da Fundação MS, Luciano Muzzi e o presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke. 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
Por: Ana Brito
Tecnologia do Blogger.