Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Em Israel, Bolsonaro homenageia militares e vai a Muro das Lamentações

Presidente está em seu segundo dia de visita oficial ao país

©Alan Santos/PR
O presidente Jair Bolsonaro dá prosseguimento, nesta segunda-feira (1º), à visita oficial a Israel, que começou ontem, com o anúncio da abertura de um escritório brasileiro de representação comercial em Jerusalém, "centrado em ciência, tecnologia e inovação".

Hoje, Bolsonaro vai condecorar com a Insígnia da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul os soldados israelenses que participaram das equipes de salvamento do desastre em Brumadinho e visitará o Muro das Lamentações e a Basílica do Santo Sepulcro. A ida ao local sagrado para os judeus deve ser feita ao lado do premiê israelense Benjamin Netanyahu.

Na terça-feira (2), o presidente toma café da manhã com dirigentes de startups brasileiras e israelenses e depois participa de um encontro entre empresários dos dois países. O presidente deve ainda visitar uma exposição de produtos de empresas de inovação e um centro industrial de alta tecnologia.

O presidente retorna ao Brasil na quarta-feira (3). Antes do embarque, ele deve se reunir com brasileiros que residem na cidade israelense de Raanana.

Bolsonaro está acompanhado por uma comitiva formada pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Bento Costa Lima (Minas e Energia), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia, Informação e Comunicações), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além do tenente-brigadeiro do ar Raul Botelho, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, e do secretário da Pesca, Jorge Seif. O grupo ainda inclui os senadores Chico Rodrigues (DEM-RR), Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e Soraya Thronicke (PSL-MS) e a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF).

NAOM
Tecnologia do Blogger.