Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Delcídio não sairá do PTC, diz presidente do partido

Ex-senador diz que nem cogita concorrer a Prefeitura de Campo Grande ou trocar de partido

Delcídio teve mandato cassado pelo Senado em 2016 ©ARQUIVO
O ex-senador Delcidio do Amaral (PTC) desmentiu, ontem, o deputado estadual Neno Razuk, presidente regional do PTB, que estará mudando de partido para concorrer à Prefeitura de Campo Grande nas eleições do próximo ano. O ex-senador, que se encontra em São Paulo, se manifestou por intermédio do presidente regional do seu partido, César Gazolla. O deputado anunciou a filiação de Delcídio do PTB na sessão de ontem da Assembleia Legislativa.

Neno afirmou que Delcídio estará se filiando ao PTB depois do retorno de viagem a São Paulo para disputar a sucessão do prefeito da Capital, Marcos Trad (PSD). A declaração do deputado surpreendeu Delcídio e toda a cúpula do PTC.

“Delcídio do Amaral vem para o PTB. Ele está em tratamento em São Paulo e quando chegar vai se filiar ao partido. Ele vai concorrer a Prefeitura de Campo Grande”, ressaltou o deputado, questionado sobre qual cidade deve contar com o nome do ex-senador na disputa pelo Executivo. 

De acordo com Gazolla, o ex-senador está há 20 dias em São Paulo fazendo tratamento de saúde, passando por consultas e exames, mas ele não informou do que está sendo tratado. 

Porém, Gazolla entrou em contato com a reportagem do Correio do Estado, depois de Delcídio pedir para “desmentir” a afirmação do deputado Neno Razuk. “Ele disse que é boato, não houve nenhuma conversa nesse sentido”, falou Gazolla.

“É um quadro fantástico, até pela experiência, competência, ele foi inocentado, temos uma injustiça contra ele. Depende de muita coisa. Essa discussão será feita mais para o final do ano. Conversamos quando ele foi candidato em 2018 e ele topou, agora tem que conversar de novo”, ressaltou Gazolla, lembrando que ano passado o ex-senador tentou assumir novamente uma cadeira no Senado Federal.

Gazolla criticou a fala do deputado Razuk e destacou ainda que na última eleição o PTB apoiou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o que distancia de uma candidatura própria para a Prefeitura de Campo Grande, levando em consideração que os tucanos devem caminhar em apoio a reeleição de Marcos Trad (PSD).

“Parece que estão fazendo para dar mídia. Ninguém sabe se tem candidato. Não tem conversa para mudar do partido ou ser candidato. Ficamos para decidir isso no segundo semestre. Nenhum partido sabe se tem candidato, nem mesmo o Marcos Trad pode ser considerado, vai que acontece alguma coisa e impede ele de disputar”, ponderou Gazolla. 

O ex-senador Delcídio do Amaral foi procurado pelo Correio do Estado, mas alegou que estava em uma consulta e retornaria posteriormente, o que não aconteceu. 

JUSTIÇA

No dia 4 de outubro de 2018 o juiz federal Pedro Peralta dos Santos da 4ª Vara Federal de Campo Grande, em tutela de urgência, suspendeu os efeitos da cassação do mandato do ex-senador, Delcídio do Amaral (PTC). 

De acordo com a decisão que suspendeu os efeitos da cassação, a urgência é necessária devido ao calendário eleitoral, já que Delcídio se candidatou para senador no dia 17 de setembro, substituindo a candidatura do médico César Nicolatti (PTC), que desistiu da vaga no Senado para se candidatar a deputado estadual.

Fonte: CE
Por: 
YARIMA MECCHI E RENATA VOLPE
Tecnologia do Blogger.