Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Com apoio do Governo do Estado, Associação realiza “Semana da Conscientização do Autismo”

©Pro D Tea
Hoje (2 de abril) é o dia mundial da conscientização do autismo, uma síndrome neuropsiquiátrica que atinge aproximadamente 2 milhões de pessoas no Brasil, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por ela é um dos objetivos principais da data.

Pensando nisso, a Associação Nacional de Pais e Responsáveis Organizados pelos Direitos das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (PRO D TEA) e a Associação de Pais e Amigos do Autista de Campo Grande (AMA), realizam, de 4 a 7 de abril, uma semana de atividades alusivas a este dia, com apoio do Governo do Estado e por meio da Subsecretaria Especial de Cidadania (Secid).

Com formação intensiva, palestras, atividades práticas e teóricas, vivência sensorial (como uma pessoa autista se sente) e até encerramento com passeio ciclístico e caminhada, a “Semana da Conscientização do Autismo” trará a participação de alguns dos principais especialistas do mundo, como o geneticista brasileiro, residente nos Estados Unidos –PHD Dr. Alysson Muotri e a médica Dra. Graciela Pignatari, da Startup TISMOO, instituição Internacional, responsável pelo projeto a Fada do Dente, que faz pesquisas com células tronco criando Mini Cérebros para descobrir tratamentos para o desenvolvimento das pessoas autistas.
Semana de atividades alusivas ao Dia Mundial do Autismo será realizada, de 4 a 7 de abril, em Campo Grande.
Pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA) podem ter dificuldades de aprendizado em diversos estágios da vida. Algumas podem levar uma vida relativamente independente, enquanto outras poderão precisar de apoio especializado ao longo de sua história. Por isso é necessário levar a sociedade todo o conhecimento alcançado: “O dia da conscientização é utilizado inteiramente para a informação da população, pois quanto mais informação e mais correta ela for, menor as barreiras e as situações que envolvem o preconceito da pessoa em toda diversidade dentro espectro do autista. Ninguém é tão bom, quanto todos nós juntos”, afirmou Carolina Spínola, mãe de autista e presidente do Pro D Tea.

“Todos os anos realizamos no mês de abril a semana de conscientização envolvendo médicos, profissionais da saúde em geral, serviço público social e principalmente da área educacional, pois há uma necessidade de eles entenderem os primeiros sinais, a escola é o lugar mais importante onde se consegue verificar isso para que seja implantado o mais rápido possível o tratamento”, completou Naína Dibo, também mãe de autista e integrante do PRO D TEA.

Para algumas medicinas holísticas, “cura” significa integridade e consistência e não ausência de sintoma. Um dos palestrantes do encontro, Carlos Ruas Filho, fisioterapeuta, acupunturista e professor da Associação Brasileira de Acupuntura (ABA), ressalta o valor das terapias alternativas para o autista: “O autismo envolve várias áreas da saúde onde o autista deve passar e a acupuntura pode ser uma delas, colaborando imensamente com este processo terapêutico. A acupuntura não cura o autista, pois não é uma doente, mas ela reequilibra o ser, melhorando nele alguns fatores”, explica o profissional.

PRO D TEA

A associação PRO D TEA que se conhecem e interagem em mídias sociais desde 2015, formalizaram essa ONG com finalidade inicial de defender os direitos reservados as pessoas com deficiência e autistas de MS e conscientizar e apoiar a população a respeito do assunto. O intuito é orientação familiar, formação social, efetivação de políticas publicas adequadas ao desenvolvimento humano da pessoa no espectro e comorbidades associadas.

O Fechamento da Semana em prol das pessoas autistas na Capital fica por conta do 1º Passeio Ciclístico e Caminhada, aberto ao público em geral e gratuito, com concentração e saída dos Altos da Avenida Afonso Pena, as 8 horas, com atrações e brincadeiras disponibilizadas com apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de Campo Grande.

Por: Alexander Onça – Subsecretaria Especial da Cidadania (Secid). 

Tecnologia do Blogger.