Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Deputado Professor Rinaldo repercute número de mortes de crianças por arma de fogo

©DIVULGAÇÃO/ALMS
O deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB) levou a tribuna, durante a sessão desta quarta-feira (20), a preocupação com o número de mortes por arma de fogo, envolvendo crianças e adolescentes no Brasil. O parlamentar defendeu medidas, como investimentos em lazer e a restrição do acesso às armas. 

Conforme a Sociedade Brasileira de Pediatria, nos últimos 20 anos, 145 mil crianças e adolescentes morreram em consequência de disparos de armas de fogo. Os números foram coletados na base de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde.

“O número está crescendo com o passar dos anos. Em 2016, foram registrados 9.517 óbitos, praticamente o dobro das 4.846 mortes identificadas em 1997. Acredito que o País necessita repensar o acesso às armas de fogo”, disse o deputado, referindo-se ao Decreto Presidencial que flexibilizou a posse de armas.

Segundo a pesquisa, a cada duas horas, em média, uma criança ou adolescente dá entrada em um hospital com ferimento por disparo de algum tipo de arma. As principais causas estão relacionadas a homicídios (94%), seguidos de intenções indeterminadas (4%), suicídios (2%) e acidentes (1%). 

“Os dados são alarmantes. Armas de fogo devem estar nas mãos da polícia. Além de rever a questão do armamento, o Poder Público deve implantar programas voltados para o lazer e esporte, assim os jovens deixam de ser ociosos e passam a se ocupar”, acrescentou.

Por: Heloíse Gimenes
Tecnologia do Blogger.