Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Deputado Coronel David e Subsecretaria reforçam ações de prevenção e combate a violência contra a mulher

No encontro foram discutidas novas parcerias e ferramentas de combate à violência

©DIVULGAÇÃO
O deputado estadual Coronel David (PSL) participou na manhã desta quinta-feira (21) da primeira reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher com a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Combate à Violência Doméstica e Familiar, em conjunto com a Subsecretaria Especial de Cidadania do Estado de Mato Grosso do Sul. Enquanto vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Combate à violência doméstica, Coronel David (PSL) reforçou a necessidade de prevenção da violência, ações educativas e do tratamento igualitário em relação às mulheres. “Participei de uma reunião com a Subsecretária Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja Roca, para definir ações de combate à violência a mulher e o aumento dos casos de feminicídio em MS. Vamos juntos acabar com esse tipo de crime, que fere, destrói e mata sonhos e vidas”, disse Coronel David.

Luciana Azambuja, Subsecretária Especial de Cidadania, apresentou dados aos deputados a respeito da violência doméstica e sugeriu diversas parcerias, como programas educativos, além de utilização dos meios de comunicação da ALMS para criar conteúdos educativos a serem divulgados em todo o Estado. “Nós somos um trio nessa luta”, afirmou a subsecretária em relação à Comissão, à Frente Parlamentar e à Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, da qual a subsecretária é Giovana Correa Vargas e é vinculada à Subsecretaria Especial de Cidadania do Estado de Mato Grosso do Sul.

"Cerco fechado contra agressores"

O deputado estadual Coronel David (PSL) apresentou no dia (12) um Projeto de Lei na Assembleia Legislativa, que proíbe agressores de mulheres condenados pela Lei 11.340 (Lei Maria da Penha) a ingressarem na Administração pública direta e indireta. "Estamos no mês de comemoração ao Dia Internacional da Mulher e nada mais justo que presenteá-las com um Projeto de Lei propositivo no que se refere ao combate a violência contra a mulher. Sabemos que Mato Grosso do Sul tem inúmeros casos de feminicídio e outros tipos de violência, por isso apresentamos esse projeto que visa impedir a nomeação de cargos efetivos ou em comissão de todos os agressores que tenham sua sentença transitada em julgado pela Lei Maria da Penha. Estamos fechando o cerco contra esses covardes agressores que agridem mulheres. Esses covardes tem um inimigo e esse inimigo se chama Coronel David”, cravou o deputado.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.