Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

TRÊS LAGOAS| Número de casos de Dengue cai no município, mas situação de alerta continua

No acumulado das sete semanas de 2019, foram notificados 1.624 casos suspeitos da doença 

©DIVULGAÇÃO 
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica da Vigilância em Saúde e Saneamento, divulgou o Boletim de Monitoramento da Dengue e da Leishmaniose, no meio da tarde desta terça-feira (19).

Segundo foi divulgado, no acumulado das sete semanas de 2019, foram notificados 1.624 casos suspeitos de Dengue. Desse total, 374 foram notificados em fevereiro.

Pelo monitoramento divulgado, dos 200 casos notificados na 6ª semana epidemiológica, houve uma redução para 130 casos nesta última semana, ou seja, na 7ª semana do ano.

Quanto à Leishmaniose, não houve alterações. Segundo foi divulgado pela Vigilância Epidemiológica, em 2019, foram notificados 24 casos suspeitos, mas todos eles foram descartados.

Segundo a secretária de Saúde, Angelina Zuque, “continuamos vivendo uma situação de alerta em relação aos números de casos notificados suspeitos de Dengue”, disse.

A secretária de Saúde assegurou que, em Três Lagoas, seguindo as orientações e protocolos do Ministério da Saúde, a partir da notificação de caso suspeito de Dengue, as equipes da SMS disponibilizam a todos os pacientes o tratamento adequado e imediato, que é definido conforme a avaliação dos sinais e sintomas apresentados no atendimento, que é feito nas Unidades Básicas de Saúde e na Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas.

AÇÕES

As ações de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti continuam sendo realizadas pelas equipes do setor de Controle de Endemias e de Promoção da Saúde, por meio dos Agentes de Endemias.

Entre essas ações, que incluem a visita periódica às residências e a orientação à população para o controle constante da Dengue com a localização e coleta dos focos criadouros de mosquitos, a SMS de Três Lagoas continua realizando o bloqueio químico, através da borrifação de inseticida, o popularmente conhecido “Fumacê”.

A borrifação é feita nos bairros onde tem havido maior incidência de casos notificados suspeitos de Dengue. Por exemplo, desde terça-feira (19) e continuando nesta quarta-feira (20), no período diurno e noturno, as viaturas do “Fumacê” da SMS estarão percorrendo os seguintes bairros: Interlagos, Santa Rita, São Carlos e Santa Luzia.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.