Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Ministro da Saúde alerta sobre vacinação

A baixa cobertura vacinal por todo o país está preocupando o Ministério da Saúde.

©DIVULGAÇÃO
A baixa cobertura vacinal e a necessidade de ampliar a proteção contra doenças que já tinham sido eliminadas ou erradicadas no Brasil, mas que voltaram a circular no país está preocupando o Governo Federal. Para se ter uma ideia, em 2018, dos 5.570 municípios do país, 49% não atingiram a meta de cobertura vacinal contra o sarampo, que é vacinar pelo menos 95% das crianças que fazem parte da faixa etária recomendada . Atualmente, o Amazonas, Roraima e o Pará são os estados que mais registraram casos da doença. Por isso, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, propôs um novo pacto sobre vacinação. A proposta foi feita durante uma reunião nesta semana com representantes das secretarias estaduais e municipais de saúde, além do Governo Federal. 

“Isso significa que retrata o baixo índice de vacinação de todos os municípios brasileiros. ‘Ah, mas o meu está muito bom’. Enquanto todos não estiverem muito bons, o seu vai estar ruim. Por que ninguém está livre de trazer o caminho dos casos. Eu fui até lá para chamar a atenção à importância da vacinação. Nós vamos ter de refazer um pacto sobre vacina neste país. Está perigosamente baixo o índice de vacinação”.

A vacinação é a forma mais eficaz e segura para prevenção do sarampo, que é uma infecção muito contagiosa. A doença pode ser contraída por pessoas de qualquer idade, mas é mais perigosa para as crianças, inclusive podendo levar à morte. Em 2018, o Brasil enfrentou um grande surto de sarampo, envolvendo 11 estados, com mais de 10 mil casos confirmados. Para saber mais, acesse saude.gov.br/sarampo.

Fonte: Agência do Rádio Mais
Por: Janary Bastos Damacena
Tecnologia do Blogger.