Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Líder do governo quer "diálogo intenso" sobre projetos importantes

Barbosinha disse que haverá discussão com os deputados tanto da base aliada, como da oposição

Deputado José Carlos Barbosa (DEM) fez discurso como novo líder do governo ©Assessoria/ALMS
O novo líder do governo na Assembleia, o deputado José Carlos Barbosa (DEM), defende “diálogo intenso” com os deputados, sobre os projetos importantes do executivo, para que não haja dúvida sobre as matérias antes das votações. Ele ponderou que os “grandes temas” serão essenciais ao desenvolvimento do Estado.

“Será natural que ao longo deste processo haja divergências e opiniões diferentes, até porque é assim que se caracteriza o regime democrático, mas teremos este diálogo intenso tanto com a oposição, como a situação, focando no que for importante a Mato Grosso do Sul”, disse o parlamentar, em discurso na Assembleia.

O democrata lembrou que vai estar na liderança e defesa de um governo que foi “aprovado” pela população nas eleições do ano passado, com a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). “A maioria dos governadores que tentaram o segundo mandato sucumbiram, aqui houve o reconhecimento do trabalho”.

Para o parlamentar, o governador poderá dar continuidade à sua gestão e concluir os projetos e programas que foram iniciados no mandato passado, mas que se espera “muito trabalho” pela frente e que os deputados serão fundamentais neste cenário. “Estamos em um novo momento no País e precisamos ouvir as vozes das ruas”.

Além de fazer parte da base aliada desde o mandato anterior, José Carlos Barbosa foi escolhido como líder (governo) por já ter participado da gestão tucana, onde desempenhou a função de secretário estadual de Justiça e Segurança, de abril de 2016 a dezembro de 2017. 

Oposição

Representando a oposição, o deputado Pedro Kemp (PT) disse que sua bancada vai continuar “defendendo as minorias”, citando segmentos como os trabalhadores, pessoal do campo, negros, mulheres vítimas de violência, índios e pessoas com deficiência.

“Em tempos de posições exacerbadas, a minoria não pode ter medo de defender o que é melhor para o Estado, sempre com prioridade para defesa dos trabalhadores. Seremos resistência”, disse o petista, durante a abertura dos trabalhos do legislativo estadual.




Fonte: campograndenews
Por: Leonardo Rocha
Tecnologia do Blogger.