Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Em entrevista, Presidente do TCE-MS fala sobre Novo Conceito de Gestão

©DIVULGAÇÃO 
Trabalhar com agilidade e transparência para que o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul continue realizando um controle externo cada vez mais eficaz e fortalecido, garantindo que o erário público retorne para a sociedade em forma de políticas públicas e bons serviços. Estes foram alguns pontos destacados pelo Presidente do TCE-MS, Conselheiro Iran Coelho das Neves, em entrevista concedida ao Programa Institucional TCE na TV, e que contou, também, com a participação do jornalista Oscar Ramos Gaspar. 

Neste ano (2019) em que o Tribunal de Contas do MS completa 40 anos de sua criação e registra uma nova fase em sua história, o Conselheiro-Presidente destacou na entrevista sobre o funcionamento da Corte e a importância do controle externo. Com respostas esclarecedoras, apresentou as diretrizes do plano estratégico do novo conceito de sua gestão que compreende o biênio 2019/2020.
©DIVULGAÇÃO
Iran Coelho das Neves começou esclarecendo sobre o novo conceito de administração implementado por ele no TCE-MS, a “Gestão Descentralizada”, e que tem como principal finalidade distribuir as ações estratégicas da Corte entre os demais Conselheiros. A partir de agora, seguindo esse novo conceito, os Conselheiros poderão contribuir com suas competências, o que dará mais agilidade aos trabalhos no Tribunal de Contas, bem como ao Programa de Reestruturação Organizacional do TCE.

“Meu objetivo principal é simplificar as ações, com produção de bons resultados, deleguei competência específicas na área administrativa, jurídica, institucional com os Poderes, na área interna aos Conselheiros, e que foi publicada em Diário Oficial dando legalidade para que possam administrar o TCE-MS junto comigo. Seria um desperdício perder a contribuição dos mesmos sendo que cada um é especialista em uma determinada área”.

Iran Coelho das Neves ressaltou que sua gestão não irá promover mudanças, mas sim pautará todas as suas ações em trabalhos que já existem no TCE, e as ações que deram bons resultados serão aprimoradas e aprofundadas. “É importante frisar que não se trata de mudanças, pois essa expressão passa a ideia de que a administração anterior não foi boa, o que não é verdade. Vamos sim aproveitar tudo o que estava dando certo e atualizar os mecanismos, essa é a nossa principal base”.

O Presidente da Corte de Contas deixou claro que um dos propósitos de sua gestão será ampliar e avançar, ainda mais, no aproveitamento dos recursos tecnológicos. “Tecnologia, informação e mão de obra qualificada é uma parceria que não pode ser dissociada. A implantação das áreas tematizadas, na gestão do Conselheiro Waldir Neves, possibilitou que os técnicos do Tribunal fizessem um treinamento mais específico em cada área, como saúde, obras, educação e assim por diante, e com isso dispomos em nosso quadro, servidores bem capacitados”. Destacou, também, que continuará promovendo a aproximação da sociedade com o TCE-MS. “Continuaremos promovendo parceria com as universidades, como o convênio feito com a Universidade Federal (UFMS) que estaremos reativando para aproximar os universitários e a população em geral do Tribunal Contas”.

Durante toda a entrevista, além de explanar sobre o novo conceito de gestão, o Presidente Iran Coelho das Neves, pontuou, ainda, que o Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul tem cumprido com seu papel pedagógico, qualificando os servidores e jurisdicionado, e, também, tem buscado interagir com a sociedade. “O Tribunal de Contas se preocupa com a sociedade, e continuará trabalhando para que, com a efetividade do controle das contas públicas, a população seja sempre a maior beneficiada”, finalizou.


Por: Olga Mongenot
Tecnologia do Blogger.